segunda, 16 de julho de 2018

BANDEIRANTES

Dia de campo vai orientar sobre adubos verdes

9 FEV 2011Por DA REDAÇÃO00h:02

O dia de campo sobre as vantagens do uso da adubação verde como alternativa tecnológica, marcará o início das atividades e a inauguração da unidade demonstrativa de adubos verdes implantado pela Divisão de Política, Produção e Desenvolvimento Agropecuário da Superintendência Federal de Agricultura no Mato Grosso do Sul (DPDAG-SFA/MS). O evento será coordenado pelo técnico Alfeu Ohlweiler da Agraer/MS e contará com a presença do Superintendente Orlando Baez, Diretor Presidente da Agraer, José Antonio Roldão e Celso de Souza Martins, Chefe da DPDAG.

O evento acontece hoje a partir das 08h30min na área do MAPA (antigo IBC) em Bandeirantes. Participam desse dia de campo 20 produtores do Assentamento Vida Nova que estão começando a trabalhar com o sistema de Produção Agroecológica Integrada e Sustentável (Projeto PAIS), além de técnicos das instituições envolvidas. Os produtores conhecerão as vantagens da utilização de 15 espécies de leguminosas como as crotalárias (juncea, spectábilis, ochroleuca, breviflora), mucunas (preta, anã e cinza), feijão de porco, feijão louco do Ceará, feijão caupi, feijão guandu (fava larga e anão), labe labe e amendoim forrageiro, plantados em sistema de consórcio com milho e café recepado.

O projeto foi implantado em uma área de 2,5 hectares com o apoio da Agraer e da patrulha mecanizada da Prefeitura Municipal de Bandeirantes e Sementes Bonamigo, visando atender a demanda dos estudantes de agronomia, universidades, instituições de pesquisa e extensão rural, produtores agroecológicos, além de promover o intercâmbio de sementes de leguminosas entre os 21 Bancos Comunitários de Sementes de Adubos Verdes fomentados pela Superintendência no Estado. A meta da SFA/MS é implantar um banco de sementes de adubos verdes em cada município sulmatogrossense.

Dois eventos já estão agendados para acontecerem nos próximos quinze dias na unidade demonstrativa, contemplando aproximadamente 50 produtores dos assentamentos Vida Nova e Roda Viva em Bandeirantes. O enfoque principal da programação do dia de campo será mostrar as vantagens da adubação verde na recuperação da vida biológica do solo e na correção dos aspectos físicos e químicos do mesmo, além de ser um dos pilares de sustentação da produção orgânica de alimentos.

O Programa Nacional de Adubos Verdes (PBCAV) é conduzido em 18 unidades da federação por meio da Coordenação de Agroecologia do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (COAGRE/SDC/MAPA).

Leia Também