Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Assine a Newsletter

Dia das Mães puxou movimento em 6%

11 MAI 10 - 08h:00
Carlos Henrique Braga

O comércio de Campo Grande vendeu 6% a mais nos dias que antecederam o Dia das Mães, comemorado no último domingo, em comparação com o mesmo período de 2009.
A informação é do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC) local, ligado à Associação Comercial e Industrial de Campo Grande (ACICG), que esperava crescimento entre 5% e 7% na comercialização.
No sábado, pico do movimento em shoppings e ruas da Capital, o consumidor enfrentou chuva e queda na temperatura para não decepcionar a mãe. Pesquisa da Federação do Comércio do Estado (Fecomércio) havia medido 91% de intenção de compras e apontou R$ 130 como valor médio dos presentes.
“Essa é uma forte indicação de recuperação total do setor no país, apesar de que em Campo Grande o movimento no comércio vinha se comportando satisfatoriamente”, avaliou o presidente da associação, Luiz Fernando Buainain, em nota à imprensa.
Para ele, o consumidor está no “auge do otimismo” e motivado pelo crédito disponível no mercado, diferente do ano passado, quando freou o consumo por medo do desemprego. “A inadimplência está controlada e o consumidor optou pelo crediário”, analisa Buainain.
Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Aliados de 'Minotauro' estão entre presos do PCC fugitivos de prisão no Paraguai
FUGA EM MASSA

Aliados de 'Minotauro' estão entre presos do PCC fugitivos de prisão no Paraguai

Projeto auxilia na criação de hortas familiares em Campo Grande
HORTA URBANA

Projeto auxilia na criação de hortas familiares em Campo Grande

Rodoviárias têm fiscalização reforçada após fuga de detentos do Paraguai
FUGA EM MASSA

Rodoviárias têm fiscalização reforçada após fuga de detentos do Paraguai

Aos 73, filha solteira de ex-deputado ganha pensão há 46 anos: 'Nunca dependi'
ABSURDO

Aos 73, filha solteira de ex-deputado ganha pensão há 46 anos: 'Nunca dependi'

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião