Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

NA PASSARELA DO SAMBA

Desfile das escolas de samba começa hoje na Capital

Desfile das escolas de samba começa hoje na Capital
03/03/2014 00:00 - DA REDAÇÃO


      Na Vila Carvalho, atual campeã, fantasias passam pelos últimos ajustes (Foto: Paulo Ribas)

O desfile das escolas de samba de Campo Grande começa hoje e com novidades. A principal delas é que, a partir deste ano, o tempo para cada escola desfilar na avenida será menor. A mudança é mais uma tentativa de atrair o público para os dois dias de desfile. Hoje, a “passarela do samba” será ocupada por escolas do grupo de acesso e blocos convidados pela Liga das Entidades Carnavalescas de Campo Grande (Lienca). A reportagem está na edição de hoje (03) do jornal Correio do Estado.

A previsão é que os desfiles comecem a partir das 19h30 e acabem por volta da 1h. Até o ano passado, cada escola de samba devia cumprir o tempo mínimo de 50 minutos de desfile. O máximo eram 60 minutos. Para tentar atrair mais público, principalmente o que usa o transporte coletivo, a Lienca mudou as regras e, agora, cada escola tem que desfilar no mínimo 40 minutos e no máximo, 50. “A pista, hoje, é muito boa. Então, não tem necessidade de 60 minutos de desfile. Além disso, se terminar mais cedo, o público pode voltar para casa usando o transporte coletivo”, explica o presidente da Lienca, Eduardo Souza Neto.

Como o objetivo é ter apresentações mais dinâmicas, as escolas que ultrapassarem os 50 minutos de apresentação perdem um ponto no quadro geral de notas. No segundo dia de desfiles, quando passam pela avenida as escolas do grupo especial, a previsão é que a festa termine por volta das 2h15, já que uma escola a mais se apresentará.

Fernando Corrêa

O Carnaval Popular na Avenida Fernando Corrêa da Costa, no Centro de Campo Grande, também continua hoje. Os shows começam a partir das 21h e devem ir até às 4h. O primeiro dia de folia na avenida teve como atração principal a cantora Gilmelândia, ex-vocalista da Banda Beijo. Segundo a Polícia Militar (PM), 1,5 mil pessoas prestigiaram o show. A festa foi aberta pelo Rei Momo e a Rainha do Carnaval de Campo Grande. A reportagem é de Patrícia Belarmino.

Felpuda


Acontecimentos policiais de grande repercussão deverão refletir seriamente na jornada de uns e de outros. Os cortes nos “tentáculos do polvo” os deixaram sem respaldo para enfrentar a maratona que há tempos participam, e com sucesso. Ao mesmo tempo que ficaram sem o aconchego financeiro, afastaram-se do abraço, até então muito amigo, preocupados com o ditado popular que afirma:  “Diga-me com quem andas e eu te direi quem és”.