Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, terça, 13 de novembro de 2018

Descoberta gordura 'bege' do corpo que emagrece

18 JUL 2012Por TERRA21h:00

Cientistas norte-americanos da Harvard Medical School descobriram novas células de gordura que podem ser a chave para o emagrecimento, chamadas ‘gordura bege’. Anteriormente acreditava-se que existiam apenas dois tipos de gordura: a marrom e a branca. E a descoberta desse terceiro tipo de célula pode apontar um novo caminho para a queima de gorduras, tornando os tratamentos para emagrecimento mais eficientes.

Enquanto a gordura branca transforma calorias em células adiposas, a gordura marrom trabalha na queima calorias para produzir calor e evitar queda de temperatura do corpo. E, segundo o Live Science, assim como o segundo tipo, a gordura bege tem a função de queimar as calorias indesejáveis.

Segundo o líder da investigação, Bruce Spiegelman, a gordura bege tem origem a partir da gordura branca. E a principal fonte de ativação destas células é uma molécula chamada irisina, que consegue transformar a gordurá ‘má’ em gordura ‘boa’. O artigo, publicado na revista científica Cell, diz que a pesquisa, desenvolvida até então em camundongos, traz indícios de que a irisina seja liberada durante a prática de exercícios, estimulando o corpo a queimar gordura.

"No futuro, será possível descobrir terapias existentes no próprio corpo. Provaremos isso com o estímulo das células bege", disse Spiegelman para o Medical Daily. “O potencial terapêutico dos dois tipos de células de gordura marrom (a mais escura e a bege) é claro”, escrevem os autores no artigo publicado Cell. “Manipular a produção dessas células para produzir tanto gordura marrom quanto bege poderá ser a solução antiobesidade e antidiabético”, completou.
 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também