Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

ENCHENTE

Desabastecimento é risco que preocupa em Aquidauana

6 MAR 11 - 00h:03DA REDAÇÃO COM AQUIDAUANA NEWS

Aquidauana está isolada. “Não podemos continuar assim. Mais que nunca se impõe a necessidade de termos um novo acesso ligando Aquidauana à BR 262”, enfatizou o prefeito de Aquidauana Fauzi Suleiman antes de uma reunião com a Defesa Civil Municipal.

Uma das preocupações diz respeito ao desabastecimento do comercio de gêneros alimentícios, pois muitas empresas suspenderam o deslocamento de caminhões para a região. 
 

Para o prefeito, é necessário um novo acesso que não seja interrompido por nenhuma razão. “Esta tem que ser a grande bandeira a nos unir a todos os aquidauanenses. E junto com este novo acesso, uma nova ponte urbana ligando Aquidauana a Anastácio”, enfatizou.

No final da tarde de ontem, o prefeito esteve na Unidade do Corpo de Bombeiros de Aquidauana, oportunidade em que se reuniu com os representantes da Defesa Civil. Também participou da reunião o prefeito de Anastácio Douglas Figueiredo, o comandante do Batalhão Carlos Camisão TC Dos Santos, major Quintana do comando do Corpo de Bombeiros de Aquidauana e os oficiais major Candido e Marcos, ambos da Policia Militar.

Algumas decisões foram tomadas, entre elas a de concentrar o tráfego de pedestres na Ponte Velha onde será montada uma passadeira pela unidade do Exército de Aquidauana.


A Ponte Nova será destinada somente ao transito de veículos. Também foi discutida a possibilidade de restringir o tráfego de veículos pesados. “Vamos também solicitar ao Dnit (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes) um laudo sobre as condições estruturais da Ponte Nova”, disse o prefeito.


 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Júri condena dois acusados de atacar judeus em 2005 em Porto Alegre
BRASIL

Júri condena dois acusados de atacar judeus em 2005 em Porto Alegre

BRASIL

Brumadinho: sobe para 212 o número de mortos identificados em tragédia

BRASIL

Bolsonaro e Piñera rejeitam intervenção militar na Venezuela

BRASIL

Caminhoneiros se mobilizam para nova paralisação, mostra monitoramento

Mais Lidas