Domingo, 18 de Fevereiro de 2018

VETERANOS

Deputados federais conquistam o Senado

10 OUT 2010Por FAUSTO BRITES COM JORNAL DA CÂMARA21h:38

O deputado federal Waldemir Moka, do PMDB de Mato Grosso do Sul, está entre os parlamentares veteranos que integram o grupo de novos senadores. De acordo com matéria do Jornal da Câmara, praticamente metade dos ocupantes de cadeiras no Senado, a partir de 2011, sairá da atual legislatura na Câmara dos Deputados.  Dos 33 eleitos que cumprirão o primeiro mandato no Senado, 16 atuam hoje na Câmara. Em três estados, os dois vitoriosos, e ao mesmo tempo estreantes, são deputados.

No grupo dos deputados veteranos, além de Waldemir Moka (PMDB) com três mandatos, estão Paulo Bauer (PSDB) com quatro mandatos não consecutivos, eleito em Santa Catarina; Ciro Nogueira (PP), com quatro mandatos consecutivos, foi eleito no Piauí.No Amazonas, Vanessa Grazziotin (PCdoB) seguirá para o Senado após três legislaturas na Câmara.
Na Bahia, foram eleitos Walter Pinheiro (PT) e Lídice da Mata (PSB). Pinheiro está no quarto mandato consecutivo na Câmara, onde ingressou em 1997. Lídice está no segundo mandato – ocupou uma das vagas na legislatura 1987-91 – e já foi prefeita de Salvador.
No Ceará, Eunício Oliveira (PMDB) e José Pimentel (PT) venceram. Eunício está no terceiro mandato, eleito pela primeira vez em 1998, e Pimentel está na quarta legislatura, eleito em 1994. Ambos foram ministros no governo Lula – das Comunicações e da Previdência, respectivamente.
Na Paraíba, foram eleitos os deputados Vital do Rêgo Filho e Wilson Santiago, ambos do PMDB. O resultado do pleito depende da análise da candidatura do ex-governador Cássio Cunha Lima (PSDB), que ficou em primeiro lugar, mas está enquadrado na Lei da Ficha Limpa. Caso Cunha Lima tenha sucesso em seus recursos, Santiago ficará de fora.
 

Votação

O deputado Armando Monteiro Neto (PTB), que está no terceiro mandato consecutivo, foi o mais votado em Pernambuco para o Senado, com quase 40% dos votos válidos. Em Alagoas, Benedito de Lira (PP), também no terceiro mandato consecutivo, foi o primeiro colocado para o Senado, com cerca de 36%.
Os demais deputados eleitos para o Senado conseguiram a segunda vaga. Eles podem ser divididos em dois grupos, os deputados em primeiro mandato e os veteranos.
Depois do primeiro mandato na Câmara, seguem para o Senado: Eduardo Amorim (PSC), representando Sergipe; Rodrigo Rollemberg (PSB), pelo Distrito Federal; Sérgio Petecão (PMN), eleito pelo Acre; e Angela Portela (PT), vencedora em Roraima.

 

Leia Também