Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

CARGOS

Deputados aprovam criação para STJ e ampliação da Defensoria

16 MAR 14 - 21h:00FOLHAPRESS

A Câmara dos Deputados aprovou na última quarta-feira a criação de cargos para o STJ (Superior Tribunal de Justiça), uma vara federal no município de Pitanga (PR), além de uma proposta de emenda à Constituição que prevê a ampliação do número de defensores públicos no país em um prazo de oito anos.

Segundo líderes governistas e o presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves, apesar das propostas terem impacto no orçamento, elas não podem ser consideradas da chamada "pauta bomba" porque estão previstas no Orçamento da União.

Para o STJ, foram criados 708 cargos, sendo 193 de analista judiciário e os demais de cargos em comissão. A matéria será enviada ao Senado. A proposta tem impacto previsto de R$ 39,7 milhões neste ano.

A vara no Paraná contará com dois juízes (um titular e um substituto), 13 analistas judiciários e quatro técnicos. Além dos cargos efetivos, são criados um cargo em comissão e mais 13 funções comissionadas. Os custos com pessoal e custeio anual da unidade serão de R$ 5,38 milhões. O texto segue para análise dos senadores.

A PEC sobre a Defensoria Pública determina que União e Estados deverão em até oito anos contar com pelo menos um defensor público por comarca do país. De acordo com a justificativa do projeto, estudo recente do Ipea (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada, órgão vinculado à Presidência) aponta que mais de 70% das comarcas brasileiras não possuem defensores públicos. O projeto não apresenta estimativa de custo. A proposta será votada pelo Senado.
 

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

BRASIL

Fortaleza: Bombeiros buscam sobreviventes em prédio que ruiu; uma pessoa morreu

ECONOMIA

Pan, BMG e Bradesco lideram ranking de reclamações contra bancos do BC

ECONOMIA

Superintendência do Cade decide arquivar inquérito contra bandeiras de cartões

BRASIL

Quadrilha desviava cartões de crédito remetidos pelos Correios

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião