Sexta, 15 de Dezembro de 2017

Assembleia Legislativa

Deputado pede cumprimento de
lei contra o trote

6 FEV 2014Por TARYNE ZOTTINO09h:15

O deputado Antonio Carlos Arroyo (PR) apresentou à Mesa Diretora da Assembleia Legislativa o pedido de providências para o cumprimento da lei que proíbe a realização do trote em universidades, sob coação, agressão física, moral ou qualquer outro constrangimento que possa colocar em risco a saúde ou a integridade física dos calouros. Segundo Arroyo, vídeos e fotos feitos pelos alunos mostram brincadeiras cruéis e vexatórias.

Ele quer que a solicitação seja entregue ao secretário de Estado de Justiça e Segurança Pública, ao comandante-geral da Polícia Militar do Estado de Mato Grosso do Sul, ao procurador-geral de Justiça e aos dirigentes das instituições de ensino do Estado de Mato Grosso do Sul. “É necessário haver ações efetivas para coibir o tumulto nas vias públicas, a realização de pedágios e a prática de violência que sempre colocam em risco a integridade física e moral dos alunos”, afirmou o deputado. 

“É lamentável assistir as imagens que estão sendo amplamente divulgadas na internet, mostrando o vexame e a exposição que são colocados os alunos com cenas fortes de violência, humilhação pública e uso de bebida alcoólica. É necessário fazer valer a lei e proibir que aconteça isso em qualquer estabelecimento de ensino ou local público” destacou Arroyo.
O parlamentar enfatizou ainda que não é contra o trote, desde que seja praticado de forma cultural e saudável.  

Leia Também