Sexta, 23 de Fevereiro de 2018

MESA

Depois de tomar posse, líderes decidem distribuição de cargos na Câmara

1 FEV 2011Por AGÊNCIA BRASIL09h:18

Depois de tomarem posse, os novos líderes partidários se reúnem na Câmara para definir a distribuição dos cargos na Mesa Diretora. A eleição do presidente e demais integrantes da Mesa está marcada para às 18 horas.

Até o momento, o candidato oficial à presidência é o deputado Marco Maia (PT-RS). Ele tem o apoio de 21 dos 22 partidos da Câmara. A 1ª vice-presidência ficou com o PMDB, segundo maior partido da Casa. A deputada Rose de Freitas (ES) deverá ocupar o cargo.

Por conta do cálculo da proporcionalidade partidária, tanto PT quanto PMDB terão direito a mais uma vaga cada um na Mesa Diretora. PSDB, PP, DEM, PR, PSB, PDT e PTB têm direito a uma vaga cada. Serão escolhidos um presidente, dois vice-presidentes e quatro secretários, que compõem a Mesa Diretora. Serão escolhidos, ainda, quatro suplentes.

Entretanto, o cálculo não está totalmente fechado. O regimento da Casa estabelece o prazo até as 16 horas de hoje para a formação de blocos partidários. Com isso, o número de proporcionalidade entre os partidos pode mudar.

A eleição da Mesa Diretora é secreta e eletrônica. Primeiro, é divulgado o resultado da eleição para presidente. Em seguida, o novo presidente toma posse e proclama o resultado para os outros cargos da Mesa. A nova Mesa Diretora da Casa será eleita para um período de dois anos.

Leia Também