Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

TRÊS LAGOAS

Depois de executar rapaz, homem é morto pela PM

19 JAN 14 - 09h:30Rádio Caçula

Um domingo com a madrugada violenta foi registrado em Três Lagoas, com duas pessoas mortas a tiros.

Segundo as informações colhidas pela reportagem do site Rádio Caçula, o fato teve início quando Anderson Campos da Silva, conhecido como “Derson” ou “Derção” estava em uma casa de show´s localizada na Avenida Ranulpho Marques Leal. Testemunhas disseram que ele por volta das 03h20min teria saído do estabelecimento e seguiu Jeferson Muniz Ederich, o “Tito”, que estaria acompanhado da namorada. O casal também estava na casa noturna. Ninguém soube dizer o porquê “Derção” seguiu os dois.

Ao chegar a sua camionete, uma S10/Chevrolet que estava estacionada em uma área de em frente ao estabelecimento, Jeferson e a namorada entraram no veículo e foram surpreendidos por Anderson que chegou atirando contra o carro, do lado esquerdo, com uma pistola 9mm.

Segundo testemunhas foram vários disparos. “Tito” foi atingido por pelo menos 08 tiros, na região do peito e na cabeça, tendo morte instantânea. A namorada da vítima conseguiu fugir e não foi revelado se ela sofreu ferimentos no atentado.

Fuga e perseguição

Uma viatura da Rondas Ostensivas Táticas do Interior (Rotai) que estava em patrulhamento pela região, passou em frente a casa de shows, os policiais ouviram os disparos, voltaram para o estacionamento e se depararam com o autor “Derção” em fuga, correndo a pé em meio ao matagal.

A guarnição iniciou a perseguição e percebeu que o autor dos disparos empreendeu fuga pulando os muros das residências da região como forma de tentar despistar os policiais.

A viatura, no intuito de localizar o autor que estava em fuga, traçou uma rota no sentido a Rua Luis Correa da Silveira e se deparou com Anderson pulando o muro de um comércio local. Ao avistar a viatura da Rotai, “Derção” disparou dois tiros contra os policias, que revidaram e acabaram alvejando o autor que caiu ferido e foi socorrido pelos militares, sendo levando ao Hospital Auxiliadora, mas devido a gravidade dos ferimentos não resistiu e morreu.

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

BRASIL

Fortaleza: Bombeiros buscam sobreviventes em prédio que ruiu; uma pessoa morreu

ECONOMIA

Pan, BMG e Bradesco lideram ranking de reclamações contra bancos do BC

ECONOMIA

Superintendência do Cade decide arquivar inquérito contra bandeiras de cartões

BRASIL

Quadrilha desviava cartões de crédito remetidos pelos Correios

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião