Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, quarta, 21 de novembro de 2018

Campeonato Brasileiro

Deola falha e Ponte bate reservas do Palmeiras em casa

8 JUL 2012Por terra19h:31

A Ponte Preta venceu o Palmeiras por 1 a 0 o Palmeiras no Moisés Lucarelli, em jogo válido pela oitava rodada do campeonato Brasileiro. Visando a final da Copa do Brasil da próxima quarta-feira, o técnico Luiz Felipe Scolari preferiu escalar uma equipe reserva, com diversos jovens das categorias de base palmeirense.

Apesar de duas boas chances para o Palmeiras logo no início do jogo, foi Ponte Preta que tomou a iniciativa da partida, e abriu o placar logo aos 15 min. Ricardinho bateu forte uma falta na entrada na área, a bola foi em cima de Deola, mas o goleiro palmeirense desviou a bola para dentro do gol. A Ponte seguiu pressionando, se aproveitando principalmente do desentrosamento da jovem equipe adversária, que errava muitos passes, mas foi para o vestiário sem conseguir ampliar o placar.

O segundo tempo começou equilibrado, com as defesas aproveitando as deficiências ofensivas de ambas as equipes. Para tentar o empate, Felipão colocou em campo Caio, atacante destaque da equipe B do Palmeiras, no Lugar de Patrick Vieira. Já Gilson Kleina preferiu fechar a equipe, colocando o volante Somália no lugar do meia Marcinho.

As mudanças não mudaram o panorama do jogo. Maikon Leite obrigou boa defesa de Edson Bastos em chute de fora da área aos 32 min, mas o jogo seguiu sem grandes emoções até o final da partida. Felipão ainda foi expulso nos momentos finais do jogo.

Com o resultado, o Palmeiras segue na zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro, com 5 pontos, enquanto a Ponte Preta acumula 12 pontos. Na próxima rodada do Campeonato Brasileiro, a Ponte recebe o Coritiba no Moisés Lucarelli no próximo sábado, enquanto o Palmeiras faz o clássico contra o São Paulo na Arena Barueri no domingo.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também