Campo Grande - MS, domingo, 19 de agosto de 2018

INTERNET

DEM abre processo disciplinar contra Kassab

8 ABR 2011Por ESTADÃO00h:00

A Executiva do DEM abriu processo disciplinar contra o prefeito de São Paulo Gilberto Kassab nesta quinta-feira por ele ter usado o CNPJ do partido para criar dois domínios na Internet, o do recém-criado Partido Social Democrático (PSD) e o de JK, em referência ao ex-presidente Juscelino Kubitschek.

O prefeito terá oito dias, após ser notificado, para apresentar suas justificativas ao relator do processo, deputado Mendonça Filho (DEM-PE). "Formalmente, ele ainda não foi comunicado", disse o relator.

O líder do DEM na Câmara, deputado ACM Neto (BA), autor da representação, disse que o prefeito está desrespeitando a história que ele construiu dentro do DEM.

 "Eu considero que, além de tudo, é uma indecência, afinal de contas ele não pode usar instrumento do Democratas para prejudicar o próprio partido", afirmou o parlamentar.

 Kassab, até agora um dos líderes do DEM, anunciou a criação do DEM em março, para onde pretende atrair parlamentares e membros do Executivo ao Democratas.

 Integrantes da Executiva do DEM estão pressionando para que o processo resulte na expulsão do prefeito. Se isso acontecer, estaria aberto o caminho para que o DEM reivindique à Justiça eleitoral o mandato de Kassab na prefeitura paulistana. As punições previstas pelo estatuto vão de advertência a expulsão.

O presidente do partido, senador José Agripino (RN), descarta essa possibilidade. "Não vai ser por aí. Vai ser aberto o processo e ele terá o direito de defesa. Ele já saiu do partido, não tem sentido (expulsá-lo)", argumentou.

O PSD tem o mesmo nome da legenda de Juscelino Kubitschek na década de 50 e Kassab pretende usar as iniciais do ex-presidente no novo partido. Maria Estela Kubitschek Lopes, filha de JK, afirmou há duas semanas que não autorizou e não concorda com o uso das iniciais de seu pai por Kassab.

Leia Também