Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Assine a Newsletter

GOIÁS

Delúbio Soares é exonerado do cargo de professor estadual

4 AGO 12 - 12h:55g1

O ex-tesoureiro nacional do PT, Delúbio Soares, réu no processo do mensalão, foi exonerado do cargo de professor da rede estadual de ensino em Goiás, ontem (3). Servidor da Secrestaria Estadual de Educação (Seduc) desde 1976, ele acabou denunciado por receber sem trabalhar.

A assessoria da Secretaria Estadual de Educação (Seduc) informou que o secretário Thiago Peixoto assinou a portaria de exoneração de Delúbio, e mais 29 servidores,  com base em um processo interno de apuração. O documento seguiu para a Casa Civil, para a publicação no Diário Oficial do Estado.

Delúbio não recebe salário pela função de professor há sete anos, desde que foi autuado por abandono de cargo. O petista pedia repetidas licenças para se dedicar às atividades sindicais, mas, de acordo com denúncia do Ministério Público de Goiás, ele não prestava qualquer serviço ao sindicato da categoria.

De acordo com o MP, Delúbio recebeu remuneração indevida de 2001 a 2005. Neste período, ocupava o cargo de tesoureiro do PT e morava em São Paulo (SP).

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Donos de carros apreendidos <br>devem R$ 21 milhões ao Detran
PREJUÍZO

Donos de carros apreendidos
devem R$ 21 milhões ao Detran

EM 2019

Abertura de novos negócios teve melhor resultado em 6 anos

No ano passado, 7.087 empreendimentos foram abertos no Estado
Mega-Sena pode deixar alguém R$ 27 milhões mais rico neste sábado
SORTEIO

Mega-Sena pode deixar alguém R$ 27 milhões mais rico hoje

Chegada da CNN Brasil ainda não bota medo na concorrência
CANAL 1 - FLÁVIO RICCO

Chegada da CNN Brasil ainda não bota medo na concorrência

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião