Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, quarta, 21 de novembro de 2018

CORUMBÁ

Delegados da PF aderem à greve; inquéritos param

8 AGO 2012Por DIÁRIO ONLINE14h:13

Os delegados da Polícia Federal aderiram à greve nacional deflagrada na terça-feira (07), em todo o País. A mobilização é liderada pelo Conselho de representantes da Federação Nacional dos Policiais Federais (Fenapef) e atinge aeroportos, portos e fronteiras em todo o país. Inicialmente, os delegados cruzam os braços por 24 horas, mas a paralisação pode prosseguir.

Somente em Corumbá, 260 inquéritos envolvendo tráfico de drogas, contrabando e descaminho, desvio de recursos públicos e crimes ambientais, estão parados. Os seis delegados lotados na cidade, aderiram ao movimento grevista.

Segundo o comando de greve local, os serviços prestados à população continuam, porém num ritmo mais lento. No posto de imigração, na fronteira de Corumbá (Brasil) com Puerto Quijarro (Bolívia), os policiais reduziram a capacidade habitual. Os serviços de retirada de passaporte também seguem essa regra, mas caso não haja negociação com o Governo, o movimento pode "endurecer" ainda mais.

Na manhã desta quarta-feira, fila se formou no setor de imigração da PF no Posto Esdras. Os motoristas também tiveram de esperar por um bom tempo para atravessar a fronteira, pois agentes da PF e da Receita Federal realizavam operação padrão, com vistoria minuciosa nos veículos e verificação de documentação.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também