sexta, 20 de julho de 2018

ESTUPRO DE ALUNO

Delegada pedirá prisão preventiva de professor

11 FEV 2011Por VIVIANNE NUNES16h:31

A titular da Delegacia de Proteção á Criança e Adolescente (DPCA),  Aline Lopes, informou hoje à tarde que concluiu o inquérito de estupro de vulnerável que teria sido praticado por um professor contra um aluno de sete anos, em Campo Grande (MS). Com isso, esclareceu que vai pedir a conversão de prisão temporária (30 dias) do acusado para preventiva. Aquela autoridade policial disse ainda que uma nova denúncia foi formalizada contra ele por outra vítima e que o caso já está sendo apurado.

De acordo com a delegada, o aluno foi ouvido por diversas vezes e em nenhum momento entrou em contradição. Além disso, conforme explicou, o que lhe chamou a atenção foi o fato de que a vítima mudou de comportamento, atitude típica de quem é vítima de violência sexual.

Entenda o caso

O acusado foi preso na manhã do último dia 03. Ele é professor de Português da Rede Municipal de Ensino (Reme).

Segundo informações da mãe da vítima á Polícia, o boletim de ocorrência contra o professor foi registrado no dia 23 de janeiro e o fato teria ocorrido dentro da própria escola.

Conforme investigações o professor teria determinado que a vítima permanecesse em sala e após o término da aula fechou as cortinas e sob ameaça de um revólver abusou sexualmente do aluno. O menino teria dito à mãe que o abuso aconteceu por várias vezes. O acusado nega o crime.
 

Leia Também