Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

sexta, 15 de fevereiro de 2019 - 17h09min

Delcídio será relator de projeto do pré-sal

27 MAR 10 - 04h:33
O senador Delcídio do Amaral (PT-MS) será relator de um dos projetos que regulam a exploração de petróleo da chamada camada de pré-sal, no litoral brasileiro. Ele foi designado pelo presidente da Comissão de Assuntos Econômicos do Senado, Garibaldi Alves (PMDBRN), para relatar texto que fixa regras para capitalizar a Petrobras, conforme o plano plurianual de investimentos da estatal. Delcídio, que já foi diretor de Gás e Energia da Petrobras, afirmou em nota divulgada por sua assessoria que a missão é importante, especialmente neste ano em que “a Petrobras precisa captar no mercado de US$ 25 a US$ 30 bilhões para fazer frente ao seu plano de investimentos, que prevê a aplicação total de US$ 200 bilhões até 2014, entre recursos próprios e de terceiros”. O senador disse ainda que os investimentos que a Petrobras fará na exploração do pré-sal alavancarão o crescimento do país e vão gerar milhares de empregos, além de ampliar o parque industrial brasileiro e promover desenvolvimento tecnológico em diversas áreas. A indicação levou o jornalista Josias de Sousa a comentar em seu blog Bastidores do Poder, na Folha Online, que o senador sul-matogrossense, “velho admirador da estatal petroleira e expoente da bancada do PT, fará por ideologia o que outros governistas ta lvez só fizessem por obrigação”. Bancada coesa Os três senadores sulmato- grossenses prometem votar pela aprovação no Senado do projeto que assegura distribuição igualitária entre estados e municípios dos royalties da exploração do petróleo em mar aberto. O texto, aprovado pela Câmara, eleva o repasse aos municípios sul-mato-grossenses de R$ 10,299 milhões para R$ 95,304 milhões. Delcídio (PT) e Valter Pereira (PMDB), da base governista, disseram que defenderão a divisão que beneficia Mato Grosso do Sul, assim como Marisa Serrano (PSDB), da bancada de oposição ao governo Lula. “Não tem como não votar a favor do texto como está hoje”, disse a senadora.
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Deputados de MS convocam Aneel para explicar aumento na luz
CONSUMO

Deputados convocam Aneel para explicar aumento na luz

Prefeito fiscaliza atendimento nos postos de saúde da Capital
UPA LEBLON

Prefeito fiscaliza atendimento nos postos de saúde da Capital

Chuva transforma rua em rio  de lama no Jardim Monte Alegre
NA LAMA

Chuva transforma rua em rio de lama no Monte Alegre

Acusado de envenenar café de agentes penitenciários é absolvido
JÚRI POPULAR

Acusado de envenenar agentes penitenciários é absolvido

Mais Lidas