Delcídio estranha negociação de José Orcírio com o DEM

Delcídio estranha negociação de José Orcírio com o DEM
30/03/2010 20:48 -


O senador Delcídio do Amaral (PT) considerou absurda a proposta do ex-governador José Orcírio dos Santos (PT) de entregar a vaga de vice-governador e a primeira-suplência de senador ao DEM, sem antes colocar em discussão no PT. Delcídio disse ter ficado surpreso com a negociação de José Orcírio com a cúpula do Democratas. Depois de se recuperar da dengue, o senador pretende conversar com dirigentes petistas para tomar conhecimento das articulações do ex-governador. "Estou me recuperando da dengue. Ninguém me falou absolutamente nada sobre isso. Qualquer discussão de suplência ou de vice tem que ser discutido dentro do partido", comentou.

Delcídio não pretende entrar em polêmica com o ex-governador, com quem já tem relação estremecida, mas não gostou de ele (José Orcírio) negociar a sua suplência com o DEM. "O meu candidato a primeiro-suplente é o Antônio João", comentou. Para tornar viável essa composição, o senador se comprometeu a conversar com o presidente nacional do PTB, Roberto Jefferson, para acertar a aliança com o PT. "O PTB sempre nos acompanhou, faz parte da base de sustentação do presidente Lula, portanto é um partido muito bem-vindo. Temos de nos esforçar para manter o PTB", afirmou o senador.

Ele estranhou, ainda, o fato de o PT apresentar proposta oficial de aliança ao PTB, oferecendo as vagas de vice-governador e suplente de senador, e depois fazer a mesma proposta ao DEM. Só que coligação com os democratas é mais difícil em decorrência da rivalidade dos dois partidos em nível nacional. O DEM é um dos maiores opositores do presidente Luiz Inácio Lula da Silva no Congresso Nacional e o principal aliado do PSDB na sucessão presidencial. Portanto, Delcídio considera improvável o PT fechar acordo com o DEM em Mato Grosso do Sul.

As negociações de José Orcírio não devem avançar porque a direção nacional do DEM cobrou do vice-governador Murilo Zauith (DEM) a sua candidatura ao Senado. O presidente nacional do partido, deputado federal Rodrigo Maia (RJ), apontou a eleição de congressistas - deputado federal e senador - como prioridade dos democratas no pleito de outubro.

 

Dengue

Delcídio deve refazer hoje exames para verificar a restauração da circulação de plaquetas. O senador espera autorização médica para retomar a agenda de atividades. A expectativa dele é que a partir da próxima semana ele consiga restabelecer sua rotina de trabalho.

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".