sábado, 21 de julho de 2018

CONTAGEM REGRESSIVA

Definido esquema para resgate de mineiros no Chile

10 OUT 2010Por DA REDAÇÃO08h:50

Quatro a seis mineiros considerados mais hábeis farão parte do primeiro grupo a ser resgatado da mina de San José, seguido por um grupo de 10 homens com uma situação de saúde mais frágil e, por fim, os demais trabalhadores, mais fortes, que se encontram há mais de dois meses presos a uma profundidade de 700 metros no norte do Chile.
A ordem foi anunciada pelo ministro da Saúde, Jaime Mañalich, em coletiva de impresa. Segundo ele, os primeiros mineiros escolhidos poderão ajudar com orientações na tarefa de salvamento de seus companheiros. Já os 10 mineiros mais frágeis virão em seguida por possuírem condições crônicas de saúde, como hipertensão, diabetes e problemas pulmonares. "Alguns deles estão com infecções dentárias e de pele bastante importantes", explicou.
"Nesse grupo de mineiros que padecem de problemas físicos também estarão aqueles que considerarmos que enfrentam maior fragilidade psicológica e emocional no momento do resgate", disse ainda.
A primeira dificuldade que os mineiros enfrentarão ao chegar à superfície será a readaptação de seus olhos à luz do dia, depois de mais de dois meses vivendo quase na escuridão.
Nesta contagem regressiva para o dia final da extração, os mineiros estão fazendo atividade física de preparação para o estresse do resgate e começaram uma dieta especial para assegurar que mantenham um bom nível de pressão arterial durante a elevação, segundo explicou.
De acordo com as últimas instruções explicadas por Mañalich, os mineiros vão ser levados em grupos de no máximo quatro pessoas (a capacidade do helicóptero de socorro) para o hospital de Copiapó, onde deverão passar entre 3 e 4 horas numa fase de estabilização médica e encontro com as famílias.
"Sua estada no hospital não deverá prolongar-se mais de dois dias, salvo se algum mineiro apresentar uma situação mais delicada. O centro hospitalar também será dividido em dois setores, um para quem necessitar de maior vigilância, e outro para os demais, em melhores condições".
Os que apresentarem melhor estado de saúde passarão por uma avaliação dentária, dermatológica, psicológica e uma supervisão de sua adaptação progressiva à luz do dia, depois do que poderão voltar para casa.

O início da operação de resgate está prevista para a manhã de terça-feira.

 

Com AFP

Leia Também