Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, quarta, 19 de dezembro de 2018

IVINHEMA

Definida área para execução do PAC2

7 ABR 2011Por da redação11h:00

O prefeito de Ivinhema, Renato Câmara, esteve hoje (7) na Secretaria de Estado de Habitação e das Cidades para discutir com o secretário da pasta, Carlos Marun, e com a diretora-presidente da Agência de Habitação Popular, Mirna Estela, a área a ser destinada para receber investimentos do Programa de Aceleração do Crescimento – PAC 2.

De acordo com o secretário de Habitação, Mato Grosso do Sul teve projetos selecionados de nove municípios que receberão recursos do PAC 2. Desse total, seis municípios foram selecionados por projetos apresentados pelo governo do Estado e três por projetos apresentados diretamente pelas prefeituras. No total, virão ao Estado cerca de R$ 84 milhões a serem investidos em obras habitacionais, pavimentação, drenagem e mobilidade urbana.

Entre os municípios selecionados pelos projetos apresentados pelo governo do Estado está Ivinhema, que receberá mais de R$ 4 milhões para a construção de 189 moradias, das quais 30 serão destinadas ao reassentamento e edificadas no Distrito de Amandina. As demais serão construídas no perímetro urbano do município.

A cidade também contará com a construção de um Centro de Múltiplo Uso, além do desenvolvimento de trabalho técnico social; regularização fundiária de 150 lotes; pavimentação e drenagem.

Marun disse ainda que a definição das propostas e dos projetos habitacionais dos seis municípios serão discutidos hoje à tarde durante vídeo-conferência realizada na Caixa.

Além de Ivinhema, segue abaixo o detalhamento de quais municípios e obras serão realizadas por meio do PAC 2:

Anastácio – contemplado com a construção de 759 unidades habitacionais, das quais 347 serão destinadas ao reassentamento de famílias que moram em favela e/ou área de risco. Também serão edificados três equipamentos comunitários de múltiplo uso; será realizado trabalho técnico social, pavimentação e drenagem.

Aquidauana - será beneficiada com a construção de 380 unidades habitacionais, sendo que 126 moradias serão destinadas ao reassentamento de famílias que vivem em barracos e/ou situação de risco. Construção de dois equipamentos comunitários de múltiplo uso, creche, recuperação de área, trabalho técnicossocial, drenagem e pavimentação.

Coronel Sapucaia – serão edificadas 104 unidades habitacionais, das quais 53 são para reassentamento, além de obra de recuperação de área degradada, trabalho técnico social, drenagem e pavimentação.

Iguatemi – 106 unidades habitacionais – todas serão destinadas ao reassentamento. Previsão de realização de trabalho técnico social; recuperação de área degradada, pavimentação e drenagem.

Sete Quedas - receberá 284 unidades habitacionais, sendo que 117 famílias serão reassentadas. Construção de dois equipamentos comunitários de múltiplo uso, trabalho técnicossocial com as famílias (na área de educação ambiental e sociocomunitária, medidas de inclusão no mercado de trabalho); regularização fundiária para 36 famílias, recuperação de área degradada, pavimentação e drenagem.

 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também