Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Deficiente morre asfixiado durante assalto

20 MAR 10 - 03h:21
Antônio dos Santos Brum, de 60 anos, portador de necessidades especiais, foi assassinado na noite de quinta-feira, durante assalto, em Três Lagoas. O crime ocorreu na casa do irmão dele, onde estava hospedado por causa de tratamento médico que estava fazendo na cidade. A vítima era paraplégica e estava deitada quando os assaltantes entraram na residência. Depois de amarrar o idoso na cama, os ladrões asfixiaram-no com uma toalha. Segundo informações, o latrocínio (morte seguida de roubo) aconteceu por volta das 19 horas, quando dois homens armados invadiram uma casa na Rua Alexandre Abraão, no Bairro Nossa Senhora Aparecida. O imóvel pertence ao empresário Walmor Portela Brum, proprietário de uma transportadora na cidade. No momento do roubo, além do irmão dele, apenas a esposa do empresário, Jaqueline Silva Dias, de 42 anos, e as duas filhas do casal, de cinco e três anos, estavam na residência. Os criminosos amarraram e prenderam a mulher e as crianças no banheiro. Sem defesa Depois de imobilizar os moradores, os ladrões vasculharam os móveis e pegaram dinheiro e joias que estavam guardados no armário de um dos quartos. Antes de sair, os bandidos usaram uma toalha para asfixiar Antônio dos Santos Brum que, apesar de apresentar resistência e estar amarrado na cama, não foi poupado. Os dois homens fugiram pulando o muro lateral da casa, parte que dá acesso a um terreno baldio. A dona da casa conseguiu se soltar e acionou o Samu e a Polícia Militar, que ficam a algumas quadras da residência assaltada. Quando a equipe do Samu chegou ao local, Antônio Brum já estava morto, por asfixia. Segundo o testemunho de Jaqueline Dias, durante todo o tempo em que os assaltantes estiveram em sua casa, um deles manteve o celular ligado e falava com uma pessoa que parecia orientá-lo para a ação. Um fato que chamou a atenção da polícia é que os bandidos sabiam o nome do proprietário da casa e, segundo relato da testemunha, ficaram irritados quando perceberam que ele não estava no local.
Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Felpuda

Flamengo terá de pagar pensão a famílias e vítimas de incêndio
NINHO DO URUBU

Flamengo terá de pagar pensão a famílias e vítimas de incêndio

Novo partido de Bolsonaro tem sua criação registrada em cartório
ALIANÇA PELO BRASIL

Novo partido de Bolsonaro tem sua criação registrada em cartório

PRESIDENTE DA CCJ

Por 2ª instância, Simone Tebet propõe votar pacote anticrime da Câmara este ano

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião