ENGENHÃO

Defesas prevalecem e Botafogo fica no zero com Fla

Defesas prevalecem e Botafogo fica no zero com Fla
26/08/2012 17:19 - terra


Marcado pelo equilíbrio nos últimos anos, o clássico entre Botafogo e Flamengo na tarde deste domingo em jogo válido pela última rodada do primeiro turno do Campeonato Brasileiro terminou empatado sem gols. A igualdade mantém a invencibilidade do time rubro-negro jogando no Engenhão diante do adversário.

Com o resultado, o Botafogo continua na sétima posição com 28 pontos, há sete pontos do Vasco, primeira equipe dentro do G-4. Já o Flamengo é o nono colocado do Brasileiro dois pontos atrás do rival deste domingo, com 26 pontos.

No meio da tabela, Flamengo e Botafogo entraram em campo com histórico recente de muito equilíbrio. Os últimos três jogos entre as equipes haviam terminado empatados. Apesar do retrospecto, o time rubro-negro carregava uma invencibilidade de 12 anos (18 jogos), sem perder para o rival, além do fato de nunca ter perdido jogando no Engenhão.

A igualdade muito presente nos últimos confrontos entre os cariocas também marcou o início do jogo. Muito corrido no meio-campo, a partida começou animada, mas com poucas chances de gol. O Botafogo procurava os lados do campo e o Flamengo apostava na velocidade do contra-ataque. A única chance clara de gol na primeira etapa saiu dos pés de Negueba, aos 42min, após chute de fora da área. Léo Moura ainda teve outra chance no lance seguinte.

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".