Defesa pede relaxamento de prisão dos pagodeiros suspeitos de estupro na BA

Defesa pede relaxamento de prisão dos pagodeiros suspeitos de estupro na BA
30/08/2012 04:00 - g1


O advogado Kleber Andrade, que representa os músicos da banda New Hit, pediu ontem (29) o relaxamento da prisão ou liberdade provisória dos nove músicos presos sob suspeita de terem estuprado duas meninas de 16 anos e do policial preso sob suspeita de conivência. Segundo relato das adolescentes, o abuso sexual ocorreu dentro do ônibus da banda de pagode, após show realizado na madrugada do domingo (26) no interior da Bahia.

De acordo com o advogado, o pedido foi feito no Fórum da cidade de Ruy Barbosa. Em entrevista ao G1 ele disse que espera que a solicitação seja deferida nos próximos dias. "O pedido foi feito hoje pela manhã e agora aguardamos a decisão da juíza com relação ao pedido. Ela irá encaminhar ao Ministério Público que fará sua orientação no processo", disse.

Ele disse também que os músicos continuam na delegacia da cidade e que não serão transferidos para o presídio nesta quarta. "Não sabemos se eles serão transferidos, mas sabemos que hoje não haverá transferência. Eles continuam presos sem regalias e sem privilégios. Até hoje eles não receberam visita de nenhum familiar", informou.

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".