MATO GROSSO DO SUL

Defesa civil alerta para baixa umidade do ar

Defesa civil alerta para baixa umidade do ar
03/09/2012 16:43 - notícias ms


A umidade relativa do ar continua em baixa em Mato Grosso do Sul. As condições observadas nesta segunda-feira (3) estão abaixo do ideal e se mantêm amanhã (4). O alerta é da Coordenadoria Estadual de Defesa Civil (Cedec/MS).

Segundo o aviso meteorológico, as condições são favoráveis a ocorrência de umidade relativa do ar abaixo de 20% na região sul, leste e oeste do Estado.

Cuidados

De acordo com a Cedec, com a umidade do ar em queda, a necessidade de consumo de líquidos aumenta e a recomendação é para que sejam ingeridos até quatro litros diários. O alerta é de que, durante o período mais quente do dia (das 10h às 17 horas), deve-se evitar a prática de exercícios físicos, principalmente os aeróbicos, que demandam um maior consumo de oxigênio, elevam a temperatura do organismo e aceleram a perda de líquidos.

Além dos reflexos diretos na saúde, o tempo seco aumenta o risco de incêndios florestais. Por conta disso, a Defesa Civil recomenda à população não fazer fogueiras, principalmente nas proximidades de matas e florestas. Aos motoristas que trafegam por regiões sujeitas a incêndios, a orientação é para que tenham atenção redobrada devido à visibilidade reduzida pela fumaça, e que evitem jogar pontas de cigarros para fora dos veículos.

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".