Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

DECISÃO

Decretada prisão preventiva de Nenê Constantino

2 MAR 11 - 03h:24AGÊNCIA BRASIL

O juiz João Marcos Guimarães Silva, do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT), decretou ontem (1º) à noite a prisão preventiva do empresário Nenê Constantino, um dos fundadores da empresa aérea Gol. A prisão deve ser cumprida no domicílio do acusado, em Brasília.

O Ministério Público pediu a prisão preventiva pela manhã por entender que o empresário está atrapalhando o andamento dos processos que correm contra ele na Justiça. Constantino é acusado de ser o mandante do atentado contra seu ex-genro, Eduardo de Queiroz, em 2008, e da morte do líder comunitário Márcio Leonardo, em 2001.

O pedido de prisão preventiva foi motivado após atentado contra João Marques, acusado de ser um dos pistoleiros de Constantino. Ele é uma das testemunhas de acusação do empresário no caso do ex-genro Eduardo de Queiroz.

A prisão preventiva foi pedida pelo Ministério Público durante a tomada de depoimentos de testemunhas do assassinato de Márcio Leonardo, no Tribunal do Júri de Taguatinga, cidade a 30 quilômetros de Brasília.

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

BRASIL

Buscas em endereços de Bivar foram pedidas há 48 dias pela PF e MPE

BRASIL

Centrão quer lei contra deputado infiel

BRASIL

Caixa inicia nesta sexta pagamento do FGTS para não correntistas

BRASIL

Bombeiros confirmam duas mortes no desabamento de prédio em Fortaleza

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião