quarta, 18 de julho de 2018

CARNAVAL EM CORUMBÁ

Decoração coloca o palhaço em destaque

17 FEV 2011Por DIARIO ONLINE00h:00

O palhaço, símbolo de alegria, foi o personagem escolhido para enfeitar as ruas de Corumbá no Carnaval 2011. Apesar de ser o destaque da decoração carnavalesca deste ano, ele não virá sozinho e terá a presença de elementos que remetem à folia popular como máscaras e círculos, que lembrarão confetes gigantes, espalhados pelo trajeto dos desfiles ao longo da rua Frei Mariano e da avenida General Rondon.

A parte de confecção das peças foi dividida em três frentes de trabalho que envolvem marcenaria, serralheria e artesanato como explicou ao Diário a arquiteta, Ana Paula Badere.

As peças maiores que irão compor o portal tradicionalmente instalado na rua Frei Mariano na altura da rua 13 de Junho, bem como as máscaras que serão colocadas para enfeitar o coreto do Jardim da Independência e mais uma grande cabeça de palhaço prevista para ser afixada numa estrutura ao final da rua Frei Mariano, já no encontro com a avenida General Rondon, estão sendo feitas por um grupo de marceneiros.

"Está sendo feito em MDF (placa de fibra de madeira), esse material com que fazem a cozinha planejada. Ele é muito resistente e permite trabalhar de várias formas: com tinta, revestimentos de fórmica. No nosso caso, vamos usar a pintura e a estrutura será em metal ou sarrafo de madeira", detalhou.

Para o marceneiro, Everton Costa, o trabalho das peças decorativas trouxe a revelação de um grande talento. Ele e outro colega, o Eduardo, são os responsáveis por ampliar os traços das figuras para que sejam feitos os recortes no produto derivado da madeira.

"A gente acabou descobrindo na hora porque pegamos o desenho e começamos a tentar. Fazemos uma escala, que dá para facilitar bastante o desenho", revelou ao se dizer um amante do carnaval que, neste ano, terá um sentimento diferente. "Levar a família e chegar lá ver que a gente faz parte do contexto, que a gente ajudou a confeccionar, é muito gratificante", disse Everton.

Mais "light"

Ao longo da rua Frei Mariano e em parte da avenida, que é a passarela do samba, grandes círculos coloridos irão representar confetes em tamanho gigante que, juntos com a iluminação especial, darão um clima festivo. Essas peças estão sendo confeccionadas na Casa de Cultura Luiz de Albuquerque (ILA), com material reciclável, o papelão, que para ganhar cor e resistência será revestido com acetato. "Não podemos decorar muito a avenida porque prejudica o próprio desfile, então muitas vezes, fica até escondido. A gente focou na Frei Mariano e na primeira quadra da avenida, antes dos camarotes. Procuramos seguir uma tendência vista na própria Sapucaí onde os camarotes não têm muito enfeite do lado externo, onde passam as escolas, para não tirar o foco, que são as fantasias e as escolas", comentou a arquiteta.

No Jardim

Além do coreto com as grandes máscaras decorativas, o Jardim da Independência, este ano, se transformará no Jardim da Folia e terá uma decoração toda especial. No super poste, local onde foi instalada a árvore de Natal, no final do ano passado, desta vez, será o espaço destinado a uma tenda de circo.

"Pensamos no circo, mas depois finalizamos que o palhaço seria o tema principal com a alegria que lhe é característica para dar uma inovação na temática do carnaval. O que a diretora -chefe da Fundação de Cultura e Turismo do Pantanal pensou foi o seguinte: como fez muito sucesso, no Natal, a praça, vamos ter uma praça voltada para as crianças, e lógico para os adultos também nesta época de carnaval", explicou Ana Paula ao detalhar que o Jardim da Folia será inaugurado nesta 6ª feira, 18 de fevereiro, mas novas atrações da decoração serão instaladas de forma gradativa. "É como se fosse a chegada do circo, chega o trailer, depois aparece outra tenda com as fotografias dos carnavais antigos, e vamos complementando para que as pessoas tenham sempre novidades. Vão ter bonecos em recortes de MDF onde as crianças vão colocar o rosto para tirarem fotos", adiantou.

Fonte: Diário Corumbaense (www.diarionline.com.br).

Leia Também