Campo Grande - MS, segunda, 20 de agosto de 2018

pirataria

Deco e Gaeco fecham fábrica de DVDs

12 MAI 2011Por EVELIN ARAUJO07h:30

A Delegacia Especializada de Combate ao Crime Organizado (Deco) e o Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado (Gaeco) fecharam ontem (11) uma fábrica de CDs e DVDs falsificados que funcionava na Vila Jacy, em Campo Grande.

Foram apreendidos um computador e três torres com dez gravadoras cada, além de 10.700 CDs e DVDs de diversos títulos e artistas que já estavam devidamente embalados para a comercialização.

Também foi presa em flagrante uma pessoa de 47 anos, responsável pelo laboratório clandestino, que foi autuado pela prática do crime de violação de direito autoral, cuja pena pode chegar a quatro anos de reclusão.

As investigações revelaram que, por dia, eram reproduzidos cerca de 500 CDs e DVDs, isto para posterior revenda a atravessadores pelo valor de R$ 1 a unidade.

Leia Também