Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

FETEMS

Decisão do STF sobre piso salarial de professores valoriza a categoria

7 ABR 11 - 09h:53EVELIN ARAUJO

Presidente da Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul (Fetems), Jaime Teixeira comentou hoje de manhã em entrevista ao Portal Correio do Estado que a decisão do Supremo Tribunal Federal em fixar o piso salarial dos professores é "muito importante para a educação pública, porque valoriza os professores e a profissão e é uma vitória para a democracia porque os trabalhadores foram ouvidos".  

"É também uma derrota importante para os governadores porque o Supremo mostrou que eles não podem tudo", disse o presidente da Fetems. Ele comentou que a decisão vai fazer com que acabem os "pinduricalhos" - referindo-se ao pagamento de acréscimos e benefícios, que antes eram usados para chegar ao piso e não como complemento do salário base. "O valor aprovado, de R$ 1.187,97, deverá ser reajustado pois é referente a 2008".

"Temos uma comissão em processo de negociação com o governador para reformulação de planos e carreira e, diante desse quadro, a comissão vai falar com o governo para que até julho haja uma previsão do cumprimento do aumento da carga horária, para que se cumpra o valor do piso na sua íntegra", disse Jaime Teixeira. "A decisão terá um grande reflexo na melhoria da educação pública", finaliza. 

 

No julgamento, os ministros rejeitaram por oito votos a um uma ação na qual a lei era contestada pelos governos de Mato Grosso do Sul, Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul e Ceará. 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

BRASIL

Judiciário e governo buscam reduzir milhões de ações contra o INSS

São abertas cerca de 7 mil novas demandas diariamente contra o órgão
Caixa anuncia financiamento habitacional corrigido pelo IPCA
ECONOMIA

Caixa anuncia financiamento habitacional corrigido pelo IPCA

COMPRA DE ENERGIA

Diretor de Itaipu acredita que acordo com Paraguai sairá em breve

STJ nega recurso e prefeitura deve indenizar moradores por alagamentos
SERRADINHO

STJ manda prefeitura indenizar moradores por alagamentos

Mais Lidas