Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, segunda, 12 de novembro de 2018

Debate da TV gera mais de 70 mil comentários em redes sociais

11 AGO 2012Por terra19h:00

José Serra (PSDB), Eduardo Paes (PMDB), Angela Albino (PCdoB). Os candidatos às prefeituras de São Paulo, Rio de Janeiro e Florianópolis (SC) têm em comum nesta semana o maior número de comentários em redes sociais, segundo estatísticas divulgadas nesta quarta-feira pela Brandviewer.

O monitoramento de mais de 81,5 milhões de perfis no Twitter e no Facebook, com 32.292 comentários monitorados pela empresa, mostraram que o candidato tucano em São Paulo somou 38,24% das observações, deixando em segundo lugar o petista Fernando Haddad, com 18,03%. Gabriel Chalita (PDMB) e Levy Fidelix (PRTB) vêm na sequência, com 16,18% e 11,07%. A última no levantamento é Soninha Francine, que foi motivo de 5,32% dos comentários no maior colégio eleitoral do País.

Celso Russomano (PRB), que aparecia empatado tecnicamente na primeira colocação com 26% das intenções de voto na pesquisa Datafolha divulgada em 21 de julho, não aparece no ranking de comentários, mas seu sobrenome foi uma das palavras mais mencionadas pelos internautas. "Fotos", "mural", e "amigos" também entram nessa lista.

No Rio, o candidato do PMDB somou 55,41% dos 41.548 comentários monitorados pela Brandviewer em mais de 5,1 milhões de perfis no Facebook e no Twitter. Marcelo Freixo (Psol) ficou com a prata com 30,25%, e o bronze foi para Rodrigo Mais (DEM), com 5,86%. Aspásia Camargo (PV) e Otávio Leite (PSDB), os outros dois pleiteantes à prefeitura carioca que aparecem no levantamento, somaram 4,72% e 3,76%, respectivamente.

As principais palavras usadas pelos eleitores do Rio em seus comentários incluem, como em São Paulo, "fotos" e "mural". Outros destaques são "Chico Buarque" - o cantor apoiou o candidato do Psol -, "Jesus", "Deus" e "voto".

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também