quarta, 18 de julho de 2018

UNIDOS

De pai para filho, derrota nas urnas atinge sobrenomes tradicionais

17 OUT 2010Por ADILSON TRINDADE07h:01

Pais perdem a eleição e levam juntos os filhos para a primeira derrota nas urnas. O deputado federal Antônio Cruz (PP), que tentava o quarto mandato, não conseguiu se reeleger e nem assegurar a vitória do filho, Augusto Cruz (PP), um estreante na política, para deputado estadual. A base de apoio eleitoral deles eram os evangélicos e as pessoas atendidas no Hospital Evangélico, em Campo Grande, fundado por Antônio Cruz. O pai ficou na primeira suplência da coligação do PT com 54.093 (4,22%) votos. Ele ficou 5.946 votos atrás de Antonio Carlos Biffi (PT), que acabou ficando com a última vaga, com 60.039 (4,69%).

Leia mais no jornal Correio do Estado

Leia Também