Domingo, 25 de Fevereiro de 2018

Campeonato Paulista

Dagoberto decide e São Paulo quebra 100% de surpresa Americana

27 JAN 2011Por Terra14h:36

Mesmo jogando fora de casa, o São Paulo venceu e tirou os 100% de aproveitamento do então líder Americana na noite desta quarta-feira, no Estádio Décio Vitta, em Americana. Com dois gols de Dagoberto, um de Jean e outro contra, o time do Morumbi derrotou a maior surpresa do Campeonato Paulista por 4 a 3.

Com o resultado, o São Paulo sube aos nove pontos na tabela e se mantém na cola do líder Santos, que tem dez, enquanto o Americana, após conhecer seu primeiro revés, segue com nove pontos.

Além da excelente vitória são-paulina, a partida marcou mais um recorde da carreira de Rogério Ceni. No dia 20 de janeiro de 2010, o goleiro desfalcou o São Paulo pela última vez e, mais de um ano depois, atuou em seu 73ª jogo consecutivo com a camisa tricolor - seu recorde pessoal.

Na próxima rodada, o São Paulo tem o clássico contra o líder Santos, às 17h de domingo. Já o Americana visita o Noroeste, às 19h30 de sábado.

O Jogo:

O jogo começou morno, sem chances de gols para nenhum dos lados. A primeira oportunidade foi de quem, mais tarde, seria o grande nome da partida. Aos 14min, após boa troca de passes, Dagoberto recebeu na área, pela direita, e chutou cruzado para fora.

Quatro minutos depois, entretanto, os donos da casa abriram o placar. Fumagalli recebeu pela ponta direita e cruzou para Marcinho completar para o fundo da rede, sem chances para o Rogério Ceni. Aos 22min, o mesmo Fumagalli recebeu na entrada da área e finalizou forte. A bola saiu rente à trave direita de Rogério, com muito perigo.

Atrás do placar, o São Paulo passou a pressionar a saída de bola do Americana, até que, aos 32min, Fernandinho fez ótima jogada pela esquerda e cruzou para trás. Gercimar tentou cortar e colocou a bola contra o próprio gol.

Os anfitriões não se intimidaram com o empate e, no último lance do primeiro tempo, aos 44min, conseguiram ir para o vestiário à frente de placar. Charles ganhou de Xandão no alto e passou para Rafael Chorão. O atacante ficou frente a frente com Rogério Ceni e não desperdiçou.

Atrás do placar novamente, o São Paulo teria um segundo tempo diferente. Dagoberto resolveu jogar e, logo aos 3min, aproveitou bobeira da zaga e tocou de cobertura, na saída do goleiro rival. Jorge Luiz ainda tentou tirar, mas a bola já havia ultrapassado a linha do gol.

Dez minutos depois, Fernandão, que havia entrado no lugar de Xandão, recebue pela ponta direita e cruzou para Fernandinho, que errou a cabeçada. Mas Dagoberto, dividindo com Luís Felipe, conseguiu a finalização e, de peito, botou o São Paulo na frente do marcador pela primeira vez na partida.

O Americana sentiu o resultado e não conseguiu mais criar boas oportunidades, até que, aos 28min, sofreu o golpe final. Jean chutou com muita força da entrada da área e acerta o travessão. A bola, caprichosamente, bateu no pé do goleiro Jaílson e entrou.

Com a vantagem no marcador, o time da capital apenas cadenciou o jogo, sem sofrer pressão. Aos 46min do segundo tempo, entretanto, o Americana deu seu último suspiro. Em lance polêmico, o árbitro marcou pênalti de Miranda em Kássio. Fumagalli bateu bem e decretou o placar do confronto.

Ficha Técnica:

Americana 3 x 4 São Paulo

Gols

Americana:
Marcinho, aos 19min do primeiro tempo; Rafael Chorão, aos 44min do primeiro tempo; Fumagalli, aos 48min do segundo tempo

São Paulo:
Gercimar (contra), aos 32min do primeiro tempo; Dagoberto, aos 3min e aos 13min do segundo tempo; e Jean, aos 28min do segundo tempo

Americana: Jaílson; Luís Felipe (Kássio), Jorge Luiz, Júlio César e Hélton; Gercimar, Léo Silva, Marcinho e Fumagalli; Charles (Jhon)e Rafael Chorão. Técnico: Edinho Nazareth

São Paulo: Rogério Ceni; Xandão (Fernandão), Alex Silva, Miranda e Juan; Rodrigo Souto, Jean e Carlinhos Paraíba, Fernandinho, Marlos (Zé Vitor) e Dagoberto (Marcelinho Paraíba). Técnico: Paulo César Carpegiani

Cartões amarelos
São Paulo: Rodrigo Souto

Árbitro
Flávio Rodrigues Guerra

Local
Estádio Décio Vitta, Americana (SP)

Renda e público
R$ 228.390,00/8.705 pagantes

Leia Também