Dado Dolabella ganha ação contra camareira agredida em 2008

Dado Dolabella ganha ação contra camareira agredida em 2008
06/08/2012 23:00 - terra


O resultado do processo movido por Esmeralda de Souza contra Dado Dolabella foi divulgado nesta segunda-feira (6). Julgada "improcedente" pela juíza Lindinalva Soares, a ação foi aberta pela camareira, que acusava o ator de tê-la empurrado durante uma briga dele com a então namorada, Luana Piovani, em um clube noturno no Rio de Janeiro, em outubro de 2008.

Ainda de acordo com a sentença, Esmeralda deverá assumir as despesas processuais e os honorários dos advogados de Dado, que totalizam o valor de R$ 1 mil. A decisão, porém, é de primeira instância, podendo ser recorrida no Tribunal de Justiça.

A última audiência do processo aconteceu em 25 de julho, com a presença de Esmeralda, Dado e seus respectivos advogados. Na ocasião, o ator ofereceu R$ 5 mil de indenização, mas a camareira recusou.

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".