Sábado, 17 de Fevereiro de 2018

guardar provas

Custódia de provas da PF será inaugurada

18 NOV 2010Por Silvia Tada02h:00

Polícia Federal contará, a partir de sexta-feira, com local apropriado para guardar provas dos inquéritos conduzidos pela corporação, o primeiro do País. Já no Aeroporto Internacional de Campo Grande a delegacia de imigração será ampliada, para melhorar o atendimento dos estrangeiros e usuários do terminal.

As inaugurações terão a presença do embaixador dos Estados Unidos no Brasil, Thomas Shannon Junior, do diretor-geral da PF, Luiz Fernando Correa, do adido civil do FBI na embaixada norte-americada, David Brassanini, e o representante do Conselho Nacional de Justiça, Paulo de Tarso Tamburini Souza. A primeira cerimônia acontecerá no aeroporto, às 11h. Em seguida, a comitiva segue para a sede da PF, onde serão inaugurados o Centro Integrado de Combate ao Crime Organizado (Cicor) e, depois, a primeira Central de Custódia de Prova do País.

As instalações garantirão que os vestígios, contraprovas e demais objetos apreendidos no curso do processo sejam armazenados com segurança e acesso restrito, feito com análise biométrica dos cadastrados. O local tem controle de condições ambientais e é monitorado por câmeras. Haverá divisão das evidências por áreas (Químicos e Biológicos, Armas e Munições, Informática, etc.) e os vestígios biológicos serão guardados em freezers. (ST)

Leia Também