EM ALTA

Curso ensina a pilotar drone usando aplicativo para smatphones

Curso ensina a pilotar drone usando aplicativo para smatphones
12/03/2014 07:20 - Cleidson Lima


Os drones estão em alta no Brasil. Tanto é que os apaixonados por tecnologia e aeromodelismo estão afoitos para descobrir como controlar o pequeno veículo aéreo. Para ensinar como pilotar um drone, o iai? (Instituto de Artes Interativas) – centro de treinamento e produtora referência em mobile –, em parceria com a Gohobby, lança no próximo dia 20 de março, no Parque do Povo, em São Paulo, o curso presencial de pilotagem de drone. 

O curso é totalmente prático, onde os alunos aprendem a guiar os drones por intermédio de um programa disponível para smartphone. A proposta é fornecer as principais coordenadas para o drone voar com estabilidade, realizar manobras e mostrar os recursos da câmera em HD embutida. 

Em sua sede, o iai? está também fornecendo o AR.Drone 2.0, da Parrot, o mesmo usado nas aulas. O aparelho possui controle intuitivo instalado em smartphones e tablets, câmera para fazer vídeos e fotos em alta resolução e realiza voos até 200 metros de distância quando conectado ao wi-fi. Além dessa novidade, o Instituto também distribui o cobiçado e famoso fone de ouvido sem fio Zik, da Parrot, que traz como diferenciais: possuir quatro microfones embutidos, ter controle simplificado da sua música e suas chamadas através do painel extremamente sensível ao toque, permitir o cancelamento ativo de ruído, ou seja, elimina 98%do som externo e muito mais.

“Alunos e ex-alunos do iai? que tiverem interesse podem fazer gratuitamente um vôo demo no nosso drone. Para isso, basta agendar um horário com antecedência”, afirma o CEO do iai?, Lucas Longo, que acredita ser essa uma boa oportunidade para os fãs do drone perfeiçoarem suas habilidades “no Brasil não há cursos voltados para usuários desse aparelho. Essa é a chance para quem busca dicas e orientações”. 

Para obter mais informações, visite o site www.iai.art.br

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".