Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

POLÍTICA

Curiosidades das ilhas

Curiosidades das ilhas
15/04/2010 03:23 -


Na ilha de Taquille não se discutem os preços dos produtos que se compram, estão estipulados e o lucro é dividido por todos os habitantes da aldeia. Há um código de vestuário e procedimentos que rege a comunidade. Só existem três dias no ano em que as mulheres podem escolher o noivo, indicando-o com a cor do pompom que usam no dia de festa. O homem vai responder se está solteiro e interessado (ou não) por meio da posição do seu gorro.

Se assumirem um compromisso, passam três anos de vida em comum, a experiência. Se ao fim dos três anos, quiserem separar-se, podem-no fazer livremente, mas, se optarem por casar, assumi-lo-ão para toda a vida. Os pais preocupam-se mais em casar os últimos filhos, já que estes asseguram a passagem da tradição até mais tarde.

O casamento dura 7 dias e todos os convidados trazem os “comes e bebes”. Não se sabe o sexo dos filhos até que nasçam. Se for menina, o pai batiza-a e tece-lhe a roupa. Se for rapaz, cabe à mãe fazer o mesmo. Os homens também fazem a roupa para as respectivas mulheres, e as famílias identificam-se por uma cor.

Felpuda


Malfeitos que teriam sido praticados em tempos não tão remotos podem ser a pedra no caminho de pré-candidatura que está sendo costurada. As conversas ainda estão nas “ondas da rádio-peão”, mas, com a proximidade da campanha eleitoral, há quem diga que isso se tornará uma tremenda dor de cabeça para quem vai enfrentar as urnas. Pior:  o dito não seria culpado direto, mas sim a sua...  Bem, deixa rolar para ver onde vai parar.