Segunda, 19 de Fevereiro de 2018

VERÃO

Cuidados com a saúde ajudam a enfrentar as altas temperaturas

22 DEZ 2010Por R708h:27

O verão, que começou no hemisfério Sul nesta terça-feira (21), às 21h38, horário de Brasília,  é a estação mais quente do ano e exige cuidados redobrados com a saúde para manter o corpo em plena atividade. Além das dicas básicas, como beber bastante água para ficar hidratado, evitar o sol entre 10h e 17h, e nunca se esquecer de proteger a pele com o uso do filtro solar, vale a pena ficar atento a alimentação e ao ambiente para curtir da melhor maneira possível a época do ano mais esperada pelos brasileiros.

Pele

Desde outubro de 2009, a Academia Americana de Dermatologia recomenda que o FPS mínimo (Fator de Proteção Solar) dos filtros solares seja 30. A dica é conferir os rótulos dos produtos antes de comprá-los, para saber se incluem proteção a raios ultravioletas.

A proteção contra os raios ultravioletas e o FPS são informações que devem obrigatoriamente fazer parte do rótulo dos produtos, segundo regras da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária). Ao olhar a embalagem, é preciso ter certeza sobre o produto de interesse, pois existe diferença entre protetor e bloqueador. 
 

O primeiro tem a função de diminuir os efeitos dos raios ultravioletas (que no rótulo aparecem descritos como UVA e/ou UVB) na pele. Já o bloqueador solar funciona como uma espécie de filtro, que impede a penetração dos raios UVA e UVB. Esses produtos são completamente diferentes dos bronzeadores, que estimulam a pigmentação da pele, mas em geral têm baixíssimo FPS.

Também é necessário aplicar quantidade adequada do creme, pois ele pode não surtir efeito se for usado de maneira insuficiente.

Existe perigo em ficar ao sol sem proteção mesmo em dias de céu nublado. Isso ocorre porque as nuvens refletem os raios ultravioleta - o sol pode queimar sem que a pessoa perceba. A radiação também ultrapassa janelas fechadas de carros, razão pela qual recomenda-se o uso de protetor mesmo quando estiver em trânsito. O uso de roupas coloridas, chapéus e sombrinhas também ajuda a impedir a penetração da radiação.

Olhos

Os olhos não devem ficar sem proteção. A exposição excessiva ao sol pode causar doenças graves como a catarata. Por isso, o uso de óculos escuros com lentes que protegem os olhos contra os raios ultravioletas é fundamental para adultos e crianças. O sal do mar também pode ressecar e irritar o olho.

Alimentação

Para quem está na praia e pretende se alimentar por lá, os cuidados com a alimentação devem ser ainda mais específicos. Alimentos ricos e gorduras e fartas porções de comida, por exemplo, devem ser evitados.  É necessário prestar muita atenção nas condições de higiene de ambulantes e quiosques instalados à beira-mar para evitar mal-estar ou intoxicação. Uma boa opção é levar à praia alimentos preparados em casa, mas sempre de olho na temperatura.

A hidratação pode ser mantida com água, sucos naturais, água de coco e chá gelado.

tabela verao

Leia Também