Campo Grande - MS, segunda, 20 de agosto de 2018

Campeonato Mineiro

Cruzeiro poupa titulares, mas goleia América-TO

1 MAI 2011Por uol17h:03

Dono da melhor campanha na primeira fase do Campeonato Mineiro, o Cruzeiro passou com tranquilidade pelo América-TO nas semifinais. Depois de golear em Teófilo Otoni por 8 a 1, o time celeste voltou a vencer o adversário neste domingo, na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas, desta vez por 5 a 1, e agora encara o arquirrival Atlético-MG na final do Estadual. Antes disso, no entanto, fará duelo decisivo pela Copa Libertadores, na próxima quarta-feira.

O primeiro confronto da decisão estadual será no próximo domingo (8), às 16h, na Arena do Jacaré. O Cruzeiro, por ter feito melhor campanha na fase classificatória, jogará por dois resultados iguais – dois empates ou vitória e derrota pelo mesmo saldo de gols – para se sagrar campeão. A segunda e decisiva partida ocorrerá no dia 15 (domingo), também em Sete Lagoas.

Com a vantagem conquistada no jogo de ida, de poder perder por até sete gols de diferença para chegar à decisão, o Cruzeiro entrou em campo, neste domingo, sem vários titulares. Apenas Roger e Marquinhos Paraná (este substituído no intervalo) iniciaram a partida na Arena do Jacaré. Gilberto ficou como opção de banco e entrou no decorrer do segundo tempo no lugar de Roger.

Quatro titulares estavam impedidos de atuar. Thiago Ribeiro e Pablo recuperaram-se de contusão, enquanto Gil e Montillo cumpriram suspensão pelo terceiro cartão amarelo. O técnico Cuca optou por poupar Fábio (pendurado com dois cartões amarelos), Victorino, Wallyson e Henrique, que chegou a ser relacionado mas acabou cortado da lista.

O Cruzeiro encara outra decisão na próxima quarta-feira, quando enfrenta o Once Caldas, às 21h50 (de Brasília), na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas, no jogo de volta das oitavas de final da Libertadores. Na partida de ida, o time mineiro derrotou os colombianos, em Manizales, por 2 a 1, e pode perder por 1 a 0 para avançar na competição.

Com nova goleada neste domingo, o Cruzeiro completou 11 vitórias seguidas na temporada. Invicto na Libertadores, o time comandado por Cuca sofreu apenas uma derrota em 2011, justamente para o rival Atlético, por 4 a 3, ainda na primeira fase do Mineiro.

Leia Também