Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

sábado, 23 de fevereiro de 2019 - 15h59min

Cruzeirense reclama da altitude

26 JAN 10 - 07h:51
Depois de dizer que o jogo contra o Real Potosí da Bolívia, amanhã, às 20h50min (MS), na altitude, seria atípico, o técnico do Cruzeiro, Adilson Batista, foi mais enfático na reclamação e mostra indignação com a permissão e omissão da Fifa quanto à prática do futebol em locais como a cidade boliviana. Na pré-Libertadores, além do adversário, o Cruzeiro enfrentará os efeitos colaterais de atuar no estádio Victor Agustín Ugarte, localizado a quase 4.100 metros de altitude ao nível do mar. “É desuma no jogar nessas cond ições, em um lugar com essa altitude. Será preciso morrer alguém em campo para a Fifa proibir?”, indagou o comandante cruzeirense, que não vê benefícios nem pa ra os a n f it r iões. “Até os jogador es bolivianos sentem os efeitos. Isso não poderia ser permitido”. A desva ntagem dos clubes brasi leiros na altitude não pode ser calculada fisiologicamente, no entanto, Adílson Batista trata de exemplificar. “É a mesma coisa que entrar em campo com dois jogadores a menos”. As lembranças da cidade boliviana fazem o torcedor cruzeirense “perder o ar”. Na única vez em que atuou por lá, a Raposa perdeu por 5 a 1, ainda pela fase de grupo da Libertadores de 2008.
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Perícia em MS amplia capacidade de realizar exames de DNA contra crimes
SEGURANÇA PÚBLICA

Perícia amplia realização de exames de DNA contra crimes

Corrente arrecada doações para circo que pegou fogo no Jardim Los Angeles
SOLIDARIEDADE

Corrente arrecada doações para circo que pegou fogo

Idoso tenta matar o próprio filho com espingarda na Capital
UM DIA DE FÚRIA

Idoso ameaça matar o próprio filho com espingarda

Ex-PM que furtou cadáver deixa presídio após aval da Justiça
CASO ROSILEI

Ex-PM que furtou cadáver deixa presídio após 6 dias

Mais Lidas