sexta, 20 de julho de 2018

MUNDO

Cruz Vermelha estima mais de 250 mortos em cidade líbia

27 FEV 2011Por FOLHA ONLINE22h:14

Médicos presentes em Benghazi estimaram que 256 pessoas morreram e cerca de 2.000 ficaram feridas nos protestos contra o regime de Muammar Gaddafi nessa cidade do leste da Líbia, disse neste sábado o Comitê Internacional da Cruz Vermelha (CICR).

"Um grupo de médicos que estão em Benghazi cumprindo atividades de coordenação na cidade informaram que 256 pessoas morreram e outras 2.000 ficaram feridas nos distúrbios", disse a organização humanitária com sede em Genebra.

"Ouvimos dizer que são necessários cirurgiões e ortopedistas nos hospitais de Benghazi, assim como medicamentos para pacientes com doenças crônicas", disse Simon Brooks, que dirige a equipe da CICR.

A rebelião líbia anunciou neste domingo em Benghazi a criação de um "Conselho Nacional" que representa as cidades nas mãos da insurreição, um passo simbólico na esperança de acabar com o regime de Gaddafi.

Leia Também