Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

sexta, 15 de fevereiro de 2019 - 17h13min

Cronograma da siderúrgica em Três Lagoas será debatido dia 25

4 MAR 10 - 04h:59
Diretores da Votorantim Siderurgia participaram ontem de reunião com a prefeita de Três Lagoas para definir alguns detalhes para a execução do projeto da instalação da Siderúrgica Três Lagoas, em parceria com o Grupo Grendene. Além da prefeita, participaram da reunião o superintendente da Votorantim Siderurgia, Albano Vieira; o gerente de manutenção integrada, Emerson Ribeiro Ferreira; o gerente-geral de tecnologia, Evandro Ferreira de Souza; e a vice-prefeita e secretária de Desenvolvimento Econômico, Márcia Moura. De acordo com a prefeita, os representantes da Votorantim Siderurgia marcaram audiência pública para o dia 25, que contará com a presença do governador André Puccinelli (PMDB). Durante a audiência, será apresentado o cronograma da instalação e o início das obras da Sitrel. Fibria bate recorde Com menos de um ano em operação, a fábrica de celulose de Três Lagoas, a Fibria, quebrou mais um recorde de produção. A unidade ultrapassou o recorde mundial, produzindo 1,3 milhão de toneladas de celulose, tornando- se a primeira do mundoatingir esta marca. Com investimentos de mais de R$ 3 bilhões, a unidade começou a ser construída em fevereiro de 2007 e entrou em operação em março de 2008. Em fevereiro último, a empresa, que nasceu da união da Votorantim Celulose e Papel e Aracruz Celulose, recebeu a visita do presidente Lula. Além de Três Lagoas, a Fibria opera em mais cinco estados: Rio Grande do Sul, São Paulo, Minas Gerais, Espírito Santo e Bahia. Atualmente a Fibria em Três Lagoas envia diariamente mais de três mil toneladas de celulose para exportação, através da ferrovia com destino ao Porto de Santos. Cerca de 70% da produção é destinada à exportação e o restante vendido para a fábrica de papel da International Paper, instalada na mesma área, na BR 395, entre Três Lagoas e Brasilândia, que produz 200 mil toneladas de papel por ano. Durante a visita do presidente Lula, a direção da empresa não descartou a possibilidade de a ampliação da unidade ser antecipada. A região onde está instalada a nova fábrica da Fibria tem capacidade para suportar até três plantas de celulose, incluindo o projeto de expansão, previsto para 2013, com uma nova linha de produção, com capacidade de até 1,5 milhão de toneladas de celulose por ano. Outras duas indústrias estão previstas, a da Florestal Serviços Florestais, que já pediu licença prévia para a construção de unidade no município, e a da Portucel, que ainda não definiu local e cogita inclusive o Uruguai.
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Deputados de MS convocam Aneel para explicar aumento na luz
CONSUMO

Deputados convocam Aneel para explicar aumento na luz

Prefeito fiscaliza atendimento nos postos de saúde da Capital
UPA LEBLON

Prefeito fiscaliza atendimento nos postos de saúde da Capital

Chuva transforma rua em rio  de lama no Jardim Monte Alegre
NA LAMA

Chuva transforma rua em rio de lama no Monte Alegre

Acusado de envenenar café de agentes penitenciários é absolvido
JÚRI POPULAR

Acusado de envenenar agentes penitenciários é absolvido

Mais Lidas