Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

Crimeia diz que não negocia com 'ilegítimo' governo

Crimeia diz que não negocia com 'ilegítimo' governo
09/03/2014 13:30 - Folha Press


A separatista república autônoma ucraniana da Crimeia anunciou hoje que negociará com Kiev sob a condição de haver mudança de poder na Ucrânia, pois não reconhece as novas autoridades, e ao mesmo tempo se prepara para um referendo sobre a reunificação com a Rússia.

`As autoridades atuais absolutamente não são legítimas. Enquanto não saírem não haverá diálogo algum, não só com as autoridades, mas com o país inteiro'', disse o presidente do parlamento da república autônoma, Vladimir Konstantinov, em entrevista divulgada por um canal de televisão local.

No mesmo dia, o primeiro-ministro ucraniano Arseni Yatseniuk, assegurou que o país não cederá `nem um centímetro de sua terra'' à Rússia, que realiza uma intervenção militar na península da Crimeia.

`Esta é nossa terra. Por esta terra deram seu sangue nossos pais e avôs. E não cederemos nem um centímetro da terra ucraniana'', disse Yatseniuk, ao discursar em um comício em Kiev perante a estátua do poeta e herói nacional ucraniano, Taras Sevchenko, no 200º aniversário de seu nascimento.

Para o representante da Crimeia, porém os governantes ucranianos `chegaram ali através de armas de fogo, facas e bastões'', em alusão aos violentos distúrbios que Kiev viveu e que deixaram uma centena de mortos.  

Felpuda


As pré-candidaturas bizarras estão se espalhando nas redes sociais, nos perfis de quem acredita que esse tipo de “campanha eleitoral” poderá resultar em votos e até levar à conquista de uma vaga na Câmara Municipal de Campo Grande. Se antes isso era visto apenas no horário eleitoral na TV, agora está se espalhado como erva daninha nas redes. Como diria vovó: “Esse povo ainda se acha!” Afe!