Terça, 16 de Janeiro de 2018

Crianças esperam por famílias

3 FEV 2010Por 07h:57
Depois de percorrer hospitais e orfanatos nas principais cidades do Haiti, a Unicef estima que quase 50 mil crianças estejam desacompanhadas no país depois do terremoto. O número dá a dimensão do desafio que a ONU e o governo do Haiti terão de enfrentar para controlar a saída de crianças do país e evitar que ele se transforme em um paraíso para redes de traficantes de menores. Veronique Taveau, porta-voz da Unicef, explica que não se trata de 50 mil órfãos. “Nesse cálculo que fizemos, sabemos que existem órfãos. Mas também incluímos o número de crianças que simplesmente estão desacompanhadas. Isso não quer dizer que elas não tenham mais família. Mas que, nesse momento, essas famílias estão desaparecidas ou a criança está perdida”, explicou.

Leia Também