Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

TRÊS LAGOAS

Crianças da periferia recebem 600 ovos de Páscoa

Crianças da periferia recebem 600 ovos de Páscoa
24/04/2011 14:49 - ana maria barbosa


Os integrantes do Lions Clube de Três Lagoas e do Leo Clube presentearam 624 crianças de quatro bairros da periferia de Três Lagoas, neste domingo de Páscoa, com ovos e balas. Os bairros dos conjuntos habitacionais Violetas I, Violeta II, Orquídeas I e Orquídeas II receberam a caravana e longas filas se formaram para a entrega dos ovos de cerca de 200 gramas cada.
Segundo o presidente do Lions, o servidor público Ariel Dias Garcia, este foi o terceiro ano da ação. “Para muita gente pode parecer pouco, mas temos certeza que para muitas crianças e famílias foi uma grande alegria e teve muito significado. E é isso o que importa para todos os companheiros do Lions, que se reuniram para este objetivo”, afirmou.
Apesar de ansiosas para ganhar o doce, as crianças se comportaram e, em cada rosto, era possível ver a satisfação da surpresa. Para muitos, como Noemi Grabrielli, de três anos, foi o único ovo ganho neste ano. “Estou feliz porque adorei o ovo e o coelhinho”, disse a garotinha, referindo-se ao coelho que acompanhou a festa nos bairros.
“Até tentamos comprar, mas este ano estava caro demais. Um ovo deste tamanho (igual ao recebido) custava quase R$ 10,00 e tenho quatro filhos”, destacou a dona de casa Edlene Rosa. Para ela, a feliz Páscoa dos meninos foi garantida. “Foi bem legal”, concluiu.
Os ovos foram confeccionados pelos integrantes do clube de serviços, com recursos angariados na etapa do Campeonato Estadual de Motocross, quando o Lions administrou o estacionamento. Na ocasião, os organizadores avaliaram que a movimento ficou abaixo do esperado, porém os R$ 2,4 mil de lucro foram aplicados na compra de matéria-prima e embalagens.
Durante alguns dias, cerca de 40 voluntários, integrantes do Lions e do Leo- participantes jovens da instituição- se revezaram na casa do presidente para fabricar os ovos de chocolate. Devido ao forte calor, a ação, acompanhada pelo Coelhinho da Páscoa foi rápida.

Felpuda


Em uma das eleições em MS, candidato já oficializado na convenção corria o trecho para conquistar os eleitores. Mal sabia, porém, que time do seu partido e de aliados estava tramando sua derrubada para emplacar substituto que teria mais votos. Por muito pouco, o dito-cujo não foi guilhotinado, conseguindo salvar o pescoço. Agora tudo indica que o mesmo processo estaria em andamento e seria mais fácil, pois a “vítima” desta vez ainda é só pré-candidato. Dizem que a “turma da trairagem” tem know-now no assunto.