Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

SEM ÁGUA E ALIMENTOS

Criança ficava trancada sozinha em casa por até quatro dias

25 FEV 11 - 07h:58VIVIANNE NUNES E EVELIN ARAUJO

Lucidalva da Silva Pereira, de 36 anos, é acusada de abandonar por até quatro dias seguidos a filha com deficiência mental de 11 anos de idade, não identificada pela polícia, trancada na casa delas, que fica na Rua Conselheiro Furtado, Jardim Itatiaia, em Campo Grande. A menina foi resgatada ontem à noite pela polícia. 

Segundo informações do registro policial,  vizinhos acionaram a polícia, denunciando a mãe. Os policiais constataram que a criança ficava sem água e sem alimentos, além de nenhuma assistência de pessoas responsáveis, já que ficava trancada em casa. 

Os policiais pularam o muro e viram que a criança estava sozinha em casa. O Conselho Tutelar foi acionado e a proprietária do imóvel foi chamada para abrir a porta. O local estava abandonado e a menina era deixada sem nenhuma condição de higiene. A criança foi encaminhada para um abrigo e a mãe não foi encontrada pela polícia, mas responderá por abandono de incapaz. 

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

CORREIO DO ESTADO

Confira nosso editorial desta segunda: "Antes tarde do que nunca"

ARTIGO

Natalia Bacaro Coelho: "E quando os filhos abandonam os pais?"

Advogada
OPINIÃO

MAteus Boldrine Abrita: "Deflação: parece legal, mas não é"

Professor e doutor da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul

Felpuda

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião