Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Criança é encontrada na Moreninha III

11 SET 10 - 09h:18
Dayane Pereira de Oliveira, de 23 anos, é acusada de deixar o filho de apenas dois anos de idade sozinho em casa para consumir droga. A Polícia Militar foi acionada por volta das 18h50min de quinta-feira para constatar a situação de abandono na Rua Sambacuim, Bairro Moreninha III, em Campo Grande.
Chegando ao endereço, a polícia encontrou a criança na rua, “perdida e desprotegida, sem nenhum adulto exercendo sua tutela”. Assustado, o garoto não soube dizer seu nome para os militares.
Testemunhas informaram à polícia que a mãe do menor é usuária de drogas e frequentemente o deixa sozinho em sua residência ou então em companhia da avó do garoto, que não tem condições de cuidar da criança porque sofre de problemas mentais.
O flagrante foi registrado no Centro Integrado de Polícia Especializada (Cepol) como abandono de incapaz. O menor foi encaminhado para o Conselho Tutelar. De acordo com a assessoria de imprensa da Prefeitura de Campo Grande, ainda ontem pela manhã, a mãe da criança compareceu ao Conselho para buscar o filho. O órgão não confirma que a genitora é usuária de drogas, mas determinou que assistente social faça visitas períodicas à família, para verificar se o menino está ou não em situação de risco.  (VS e AZ)
Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

PSG confirma lesão muscular e Neymar vira desfalque por um mês
ATACANTE

PSG confirma lesão muscular e Neymar vira desfalque por um mês

CAUSOU POLÊMICA

Patricia Abravanel diz que marido tem de perdoar traição se houver arrependimento

ESPORTES

Brasil é ouro em mundiais de Ginástica Artística e Boxe

Arthur Nory e Bia Ferreira conquistam medalhas importantes
Na volta do feriado, acidente mata "Baiano", empresário da Capital

Na volta do feriado, acidente mata "Baiano", empresário da Capital

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião