Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Criador de game 'Candy Crush' envia pedido para entrar na Bolsa de NY

19 FEV 14 - 05h:00g1

O estúdio King Digital Entertainment, criador do game de sucesso para smartphones e tablets "Candy Crush Saga", anunciou nesta terça-feira (18) que enviou um pedido à xerife do mercado financeiro dos Estados Unidos, a SEC (equivalente à CVM), para começar a vender ações na Bolsa de Nova York.

O número de ações propostas e seu preço ainda não foram determinados.

No pedido de oferta inicial de ações (IPO, na sigla em inglês), a desenvolvedora afirma que sua receita aumentou mais de dez vezes em 2013, alcançando US$ 1,9 bilhão ante US$ 164 milhões em 2012, de acordo com o site do Re/Code. O lucro da empresa no ano passado foi de US$ 567,6 milhões.

"Uma entrada na Bolsa nos dará mais flexibilidade para aproveitar oportunidades estratégicas se elas surgirem no futuro", declarou o CEO e cofundador da King, Riccardo Zacconi, no documento depositado junto à SEC.

Apesar dos cinco jogos lançados para dispositivos móveis, o grande hit da King ainda é "Candy Crush Saga", título que sozinho tem 93 milhões de usuários e mais de 1 bilhão de partidas por dia, segundo a companhia. "Nosso plano é capitalizar este sucesso através da construção de um amplo portfólio de franquias sustentáveis a longo prazo", afirmou Zacconi.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

RIO DE JANEIRO

PMs serão ouvidos em investigação sobre morte de menina de 8 anos

Cursos de mestrado e doutorado terão 1,2 mil vagas para 2020 na UFMS
EDUCAÇÃO

Cursos de mestrado e doutorado terão 1,2 mil vagas para 2020 na UFMS

Onze filhotes de papagaio são retirados do ninho e maltratados
TRÁFICO DE ANIMAIS

Filhotes de papagaio são retirados do ninho e maltratados

Lotofácil faz mais um milionário em Mato Grosso do Sul
R$ 2,4 MILHÕES

Lotofácil faz mais um milionário em MS

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião