Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, terça, 20 de novembro de 2018

pesquisa

Cresce em 1,8% número de cheques sem fundo em julho no Estado

30 AGO 2012Por Gabriel Maymone13h:00

O número de cheques devolvidos aumentou 1,8% em julho, comparado com o mês anterior, em Mato Grosso do Sul, de acordo com dados do Banco Central do Brasil.

Em junho, o índice de devolução de cheques recuou 11% frente a maio – o maior percentual de queda registrado em 2012. O segundo maior foi na comparação dos meses de março e abril, quando neste último, a queda no volume de devoluções apontou 9%.

O maior índice de devolução de cheques ocorreu em março, com 12,8% dos cheques devolvidos, comparados a fevereiro.

De acordo com o diretor superintendente do Instituto de Pesquisa Fecomércio, Thales de Souza Campos, a oscilação para cima ou para baixo no volume de devolução de cheques é característica da economia.

“Em julho, o volume de cheques devolvidos foi cerca de 2% superior a maio. Uma das justificativas pode ser a compra dos presentes do Dia dos Namorados, por meio de emissão de cheques, porém, sem recursos para cobrir o valor da compra, resultando em devolução do documento”, avalia Thales.

Em todo o País, o volume de cheques devolvidos em julho foi de 2,00% – um percentual levemente inferior ao registrado em junho, que apontou 2,02%.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também