INVESTIGAÇÃO

CPMI do Cachoeira ouve hoje prefeito de Palmas

CPMI do Cachoeira ouve hoje prefeito de Palmas
10/07/2012 09:57 - agência brasil


A Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) do Cachoeira ouvirá hoje (10) o depoimento do prefeito de Palmas, Raul Filho (PT). Ele foi convocado após a divulgação de um vídeo no qual ele oferece possibilidades de ganhos em prestação de serviços ao empresário Carlos Augusto de Almeida Ramos, o Carlinhos Cachoeira, em troca de apoio para a campanha municipal de 2004.

A gravação fazia parte do acervo de vídeos que Cachoeira mantinha em sua casa, recentemente apreendido pela Polícia Federal. De acordo com a assessoria do prefeito, ele comparecerá à CPMI disposto a falar.

Preso desde 29 de fevereiro pela Polícia Federal, Cachoeira é acusado de comandar um esquema criminoso que teria cooptado políticos e empresários e que, entre outras atividades ilegais, é suspeito de fraudar licitações e de obter vantagens indevidas em diversas administrações públicas.

A Delta Construções, uma das empresas suspeitas de fazer parte do esquema, é responsável pela coleta do lixo em Palmas. A polícia também investiga um depósito de R$ 120 mil da empresa Delta na conta de Rosilda Rodrigues dos Santos, ex-assessora da mulher do prefeito, a deputada estadual Solange Duailibe (PT).

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".