Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, sábado, 17 de novembro de 2018

CASO CACHOEIRA

CPI decide se convoca Pagot e Cavendish

5 JUL 2012Por IG10h:03

As convocações do ex-sócio da Delta Construções Fernando Cavendish, do ex-diretor do Dnit (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes) Luiz Antônio Pagot e do prefeito de Palmas, Raul Filho (PT), estão entre os 300 requerimentos a serem analisados na manhã desta quinta-feira pela CPI do Cachoeira . A comissão investiga as negociatas do contraventor Carlos Augusto Ramos, o Carlinhos Cachoeira, com agentes públicos e privados. Três deputados - Rubens Bueno (PPS-PR), Paulo Teixeira (PT-SP) e Carlos Sampaio (PSDB-SP) - e três senadores - Alvaro Dias (PSDB-PR), Randolfe Rodrigues (Psol-AP) e Kátia Abreu (PSD-TO) - apresentaram requerimentos para a convocação do prefeito de Palmas, que aparece em vídeo negociando apoio de Cachoeira nas eleições de 2004.

A vinda de Cavendish se dá por que a Delta Construções é suspeita de ligações com Cachoeira. Já Pagot acusou Cachoeira de ter tramado a sua queda no órgão federal. A comissão pode avaliar também uma possível reconvocação do próprio Cachoeira, que esteve na CPI em maio, mas, munido de um habeas corpus, ficou calado durante todo o tempo. Segundo o relator da comissão, o deputado Odair Cunha (PT-MG), o contraventor tem dado sinais de que está disposto a falar. “Aliás, ele disse isso textualmente quando aqui esteve. A sua esposa, em reportagens, também sinalizou que ele poderia falar. Então nós vamos deixar esse requerimento aprovado para quando o momento for oportuno.”

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também