Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

GRUPO A

Costa Rica vence Aquidauanense e assume liderança

Costa Rica vence Aquidauanense e assume liderança
15/02/2014 20:30 - GAZETA MS


O Costa Rica é novo líder do Grupo A do Campeonato Estadual, pelo menos até o complemento da rodada neste domingo. No Estádio Laertão, hoje, a Cobra do Norte venceu o Aquidauanense por 2 a 0 e, mesmo que provisoriamente, assumiu a liderança da chave, agora com 13 pontos, um a mais que o Cene, que joga contra o Novoperário. Já a situação do Azulão agora é crítica. Com apenas três pontos, segura a lanterna e depende de recuperação atípica para escapar da degola.

O jogo foi de poucas oportunidades no primeiro tempo. Uma para o Costa Rica com Sandrinho logo no início e outra para o Aquidauanense em cobrança de falta de Rafinha, com o placar zerado até o intervalo.

No segundo tempo, os dois técnico procuraram mudar o time, mas Gilmar Calonga, do Costa Rica, foi mais feliz e sairam os gols em uma tarde feliz de Sandrinho, autor dos dois. No primeiro, aos 20 minutos, recebeu cruzamento de Adailton e, apesar de mais baixo que os zagueiros, foi mais rápido e cabeceou no canto de Bernardo. Depois, aos 29, outra vez jogada de Adailton pela esquerda com Thales. O lateral rolou para Sandrinho invadir a área, marcar o segundo e fechar o placar.

Se não ficar na frente, o Costa Rica terá a oportunidade na próxima rodada. Na terça-feira (18), às 16h, no Estádio Morenão, enfrenta o Cene em briga direta pela posição. Já o Aquidauanense, no dia seguinte, às 20h, recebe o Maracaju e, neste caso, a briga direta será para passar a lanterna adiante.

Felpuda


Sindicalista defende o fim de mordomias e privilégios dos políticos e dos integrantes de outros Poderes, conforme divulgação feita por sua assessoria. Para ele, está na hora de se colocar um basta nessa situação, questionando, inclusive, o número de parlamentares e de assessores. Entretanto, não demonstra a mesma aversão por aqueles dirigentes de sindicatos que se perpetuam no poder e que comandam mais de uma entidade, assim como ele. Afinal, o exemplo deve vir de casa, né?