Campo Grande - MS, sábado, 18 de agosto de 2018

ESTADUAL

Corumbaense passa pelo Itaporã e aguardará TJD

30 MAI 2011Por DIÁRIO ONLINE00h:00

Chiquinho, aos 34 minutos do segundo tempo, marcou de falta o gol da vitória do Corumbaense sobre o Itaporã, pela última rodada da primeira fase do campeonato Estadual 2011. A partida foi disputada na tarde de ontem (29) no estádio Arthur Marinho, que recebeu a presença de poucos torcedores. Esta foi apenas a terceira vitória do Carijó da Avenida na competição, todas jogando em casa. Ao longo da disputa, a equipe sofreu quatro derrotas e empatou setes vezes, aproveitamento de 38%.

Agora o futuro do alvinegro pantaneiro está nas mãos do Tribunal de Justiça Desportiva (TJD) de Mato Grosso do Sul. Com o empate entre Sete de Setembro e Mundo Novo por 1 a 1, uma possível punição da equipe douradense mantém o Corumbaense no grupo A. Segundo a diretoria do Carijó da Avenida, o clube douradense utilizou de forma irregular o jogador Rafael Carlos Silva, 18 anos, em pelo menos uma partida, contra o Águia Negra, no primeiro turno da competição. Cópias da súmula e da relação de atletas comprovam que Rafael estava no elenco do Sete neste jogo. A diretoria do alvinegro pantaneiro ainda suspeita que ele tenha sido escalado nos confrontos contra o Ponta Porã e o Naviraiense.

O caso será avaliado pelo TJD (Tribunal de Justiça Desportiva), que pode punir o Sete com a perdas de até 6 pontos por cada jogo em que Rafael foi utilizado. A situação é semelhante à ocorrida com o Operário de Campo Grande. O Galo da Capital perdeu 6 pontos por ter utilizado o atleta Reinaldo da Silva Santos irregularmente na partida contra a Serc.

Dentro de campo, os classificados do grupo A foram, pela ordem: Águia Negra, Ivinhema, Naviraiense e Mundo Novo. O Águia venceu o lanterna Ponta Porã por 2 a 0, enquanto o Ivinhema bateu o Naviraiense por 2 a 1.

Pelo grupo B, o MS Saad goleou o Operário por 4 a 0; Maracaju fez 4 a 1 no Aquidauanense; Cene venceu o Rio Verde por 3 a 0; e o Comercial passou pela Serc por 2 a 0. Com estes resultados, os confrontos das quartas-de-final ficaram assim: Cene x Mundo Novo; Águia Negra x Aquidauanense; Ivinhema x Comercial; e Naviraiense x Maracaju. A próxima fase do Estadual é eliminatória em dois confrontos. As equipes melhores classificadas decidem em casa.

Despedida

O último jogo do Corumbaense neste Estadual fez justiça a um dos melhores jogadores do time ao longo da competição. Perto dos 40 anos de idade, Chiquinho foi o único "prata da casa" do elenco a se manter entre os titulares. Todos os outros, jovens promessas do futebol local, figuraram entre os reservas e tiveram poucas chances de atuar. Jogando como volante, lateral, zagueiro e até meia de ligação, ele foi capitão do time em quase todos os jogos que participou.

Ontem, quando parecia que mais uma vez o alvinegro pantaneiro não conseguiria sair do empate - como de costume, os atacantes desperdiçaram um caminhão de oportunidades - ele acertou uma bela cobrança de falta. A bola bateu na trave, voltou nas costas do goleiro e entrou.

Na defesa, o time manteve a mesma regularidade, com pequenas falhas individuais. O zagueiro Mateus, que fechou o semestre como artilheiro do time com 4 gols, e o goleiro Aylton foram os poucos cumprimentados pelos torcedores depois do apito final. O único momento "tenso" do jogo foi quando abelhas ameaçaram "atacar" os jogadores em campo, ainda no primeiro tempo. O árbitro paralisou o jogo por mais de dez minutos e a maioria dos atletas ficou deitada no campo, até a passagem dos insetos.

O Corumbaense se despede do Estadual 2011 com a melhor zaga da competição, com apenas 9 gols sofridos, mas também co o pior ataque, ao lado do Ponta Porã. As duas equipes marcaram apenas 9 gols em 14 jogos. Agora, a diretoria do Carijó da Avenida deve começar a acertar a rescisão dos atletas e deixá-los livres para procurarem outros clubes. Fonte: Diário Corumbaense (www.diarionline.com.br).

Leia Também